Por: diario | 09/10/2018

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) anunciou no programa Pânico, da rádio Jovem Pan, que ficará neutro na disputa ao governo do Estado em Santa Catarina.

Ele citou o “Comandante Moisés”, candidato do seu partido no Estado no segundo turno, mas justificou que teve quase 70 % dos votos e não pode tomar um lado porque vai perder votos.

“Temos um candidato, um comandante (Moisés) que foi para o segundo turno, mas, respeitosamente, Santa Catarina foi o Estado com a minha maior votação. Se eu assumir um lado, vai cair minha votação. A votação mais importante para nós é para presidente da República”.

A declaração do presidenciável deu ânimo para Gelson Merisio (PSD), que anunciou voto em Bolsonaro ainda no primeiro turno, e representa uma ducha gelada na campanha do Comandante Moises (PSL).

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Por Patricia Moraes
OCP News