Por: diario | 08/01/2017
A prefeitura de Presidente Nereu já iniciou o ano com despesas extras. Isso porque no período de festas de fim ano carros da frota do Município foram depredados e agora a nova administração trabalha para consertar os danos. O local onde os veículos se encontravam contava com câmeras de segurança, porém elas estavam desligadas no momento da ação dos vândalos. O caso agora segue sendo investigado, mas até o momento não há suspeitos.

A ação aconteceu no dia 29 de dezembro e ao todo seis veículos do Município foram danificados. Em nota, a nova administração informou que os carros encontravam-se no pátio da Prefeitura e as câmeras de vigilância instaladas no local não registraram o ocorrido, pois encontravam-se desligadas.

Segundo declarou o Município, entre os veículos depredados estavam três ônibus escolares que tiveram os extintores arrancados e o pó químico espalhado pelo seu interior. Outro carro danificado foi o veículo utilizado pela Epagri, onde os vândalos quebraram os vidros.

Já no carro que era utilizado pelo vice-prefeito a vareta de óleo foi retirada e areia foi colocada dentro do tanque. O extintor também foi violado e o pó químico disparado dentro do automóvel. “O veículo do Conselho Tutelar também foi alvo da depredação. Nele, as portas foram amassadas e o óleo foi adulterado com areia”, informou a nota. 

O novo prefeito, Isamar de Melo, mencionou que os prejuízos serão apurados o quanto antes e as providências necessárias para recuperar os veículos danificados já estão sendo tomadas. Segundo informou a prefeitura todos os carros que foram depredados encontram-se em oficinas para manutenção e devem ficar prontos na próxima semana.

O prefeito da gestão anterior, Antônio Francisco Comandoli, relatou à atual administração que esta é a terceira vez que veículos da frota do município são depredados. 

Por conta do ocorrido a prefeitura registrou um boletim de ocorrência juntamente à Polícia Militar. “Até o momento não há suspeitos”, revelou a nota. Antes dos veículos serem levados para o conserto o Instituto Geral de Perícias (IGP) coletou amostras de impressão digital e fotografou todos os carros que foram danificados.

A reportagem buscou contato com a Polícia Civil e Militar de Presidente Nereu, mas segundo a assessoria de comunicação do município os dois órgãos estão em período de recesso e devem voltar ao trabalho a partir desta segunda-feira (9). Desta forma, conforme a nota da prefeitura, o investigador de plantão da Polícia Civil da cidade informou que não poderia repassar informações sobre o caso. Já a Polícia Militar, disse que a partir do retorno das férias certamente terá mais informações e que seguirá, juntamente com o IGP, apurando o ocorrido. 

Sindréia Nunes