Por: diario | 26/11/2018

Levantamento feito pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina mostra que 71% dos comerciantes associados e com negócios nas 20 cidades com maior potencial econômico no Estado têm expectativa de vendas maiores para este Natal em comparação com o do ano passado. Quase metade (48,28%) acredita em crescimento de até 5%, enquanto 28,28% são ainda mais otimistas e falam em 10% de alta.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

O tíquete médio deve ficar em R$ 235,71, ante R$ 187,83 registrados em 2017, alta de cerca de 25% em relação ao Natal do ano passado. O item mais procurado será vestuário (37,24%), seguido de acessórios (15,17%) e calçados (10,34%). O parcelamento continuará sendo a opção preferida, chegando a 85,51%.

Como forma de ampliar as vendas, estratégias como promoções (30,34%), campanhas (24,14%) e sorteios (22,76%) estão entre as ações desenvolvidas pelo comércio catarinense. O dado foi incluído no levantamento para projetar a expectativa do varejo catarinense. O resultado indicou que, na avaliação de 87,59% dos entrevistados, o ano de 2019 será melhor para o comércio.