Por: diario | 05/05/2017

Uma simples consulta de rotina pode ser um desafio para quem trabalha entre o horário das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira – o mesmo horário de funcionamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS). O compromisso profissional, por vezes, é prioridade, e as pessoas vão deixando para depois a consulta médica que não é urgente, impedindo, talvez, que a prevenção ou o diagnóstico precoce de algumas doenças.

Pensando nisso, a Secretaria de Saúde de Braço do Trombudo criou o programa Dia da Saúde do Trabalhador. Dois sábados por mês o Posto de Saúde do município ficará aberto, das 8h ao meio-dia, para atender aos trabalhadores que agendaram consulta médica. O primeiro atendimento vai acontecer no próximo sábado (6) e o agendamento acontece até às 18h de hoje, por telefone ou pessoalmente no Posto de Saúde, no Centro de Braço do Trombudo.

De acordo com a secretária de Saúde do Município, Daniela Prada Mugge, até a tarde de ontem cinco pessoas haviam agendado atendimentos. O esperado é que depois deste primeiro atendimento, mais pessoas procurem o Posto de Saúde para prevenir doenças, tratar casos sem gravidade aparente e fazer consultas de rotina. “Quando o prefeito [Colorido] estava na campanha prometeu que o horário de atendimento da Saúde seria estendido, então pensamos em um programa para atender a demanda dos trabalhadores do mesmo turno de funcionamento do Posto de Saúde, para cumprir essa promessa e promover a prevenção”, explicou Daniela.

A secretária ressalta por que é importante ir ao médico, mesmo que não seja questão de urgência. “Às vezes por não ir ao médico porque o horário do posto é o mesmo do trabalho a pessoa acaba deixando aquela questão da saúde pra depois, então estamos fazendo esse programa para uma prevenção”. Além do atendimento, a farmácia do Município ficará aberta nos dias que o programa acontecer. Assim, pessoas que precisam retirar medicamentos e fazer testes rápidos também podem ir até o Posto de Saúde, no Centro, das 8h ao meio-dia. Já as pessoas que precisam de atendimento de urgência e emergência, o indicado continua sendo procurar o atendimento no hospital. “O atendimento é para quem trabalha e que agendaram antes, para questões urgentes e de emergência as pessoas devem continuar indo até Trombudo Central, no hospital”, explicou Daniela.

A secretária afirma estar muito satisfeita em tirar do papel um programa tão importante para a população. “Estou contente. Estou falando com as pessoas e elas estão apoiando bastante o programa”, contou. Para fazer o programa acontecer, a Secretaria organizou o Dia da Saúde do Trabalhador, juntamente com a equipe de enfermagem. No primeiro dia do programa, estará trabalhando uma equipe formada por um enfermeiro, técnico de enfermagem e médico.

Segundo a secretária, os funcionários municipais da Saúde de Braço do Trombudo foram dividimos em duas equipes e cada uma delas trabalhará uma vez por mês, já que o Dia da Saúde do Trabalhador vai acontecer duas vezes por mês. As datas dos próximos meses serão definidas aos poucos, mediante feriados e a necessidade local.

Os profissionais da saúde, terão as horas trabalhadas repostas depois. De acordo com a secretária, quem trabalha em sistema de banco de horas terá folga e será pago hora extra para os outros. O segundo Dia da Saúde do Trabalhador do mês de maio está marcado para o dia 20 e os agendamentos podem ser feitos a partir do dia 15, até dia 19, uma sexta-feira anterior ao programa.