Por: diario | 14/06/2017

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, aceitou o convite feito pela Frente Parlamentar Catarinense, através do presidente do bloco, o deputado federal João Paulo Kleinübing (PSD), e do deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB), para participar da audiência com o presidente da República, Michel Temer, na tarde desta terça-feira (13).

A Frente Parlamentar Catarinense marcou a audiência com Temer para reivindicar que a Secretaria Nacional da Pesca, que foi transferida para o Ministério da Indústria, seja mantida no Ministério da Agricultura. Os parlamentares catarinenses não concordam com a medida e por isso se reuniram para tratar do assunto com Temer.

A audiência foi marcada com antecedência, e após os episódios da enchente, os deputados resolveram incluir o tema no encontro com o presidente do Brasil. Por comandar o município que mais foi atingido com as cheias neste ano em Santa Catarina, Thomé foi convidado na última sexta-feira para representar os prefeitos de municípios afetados na região, para reivindicar recursos.

O prefeito de Rio do Sul que esteve em Lages, para participar de encontro com os ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, e do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. Após retornar da Serra Catarinense, viajou à Florianópolis ainda na segunda-feira (12) e embarcou em um voo para Brasília, na manhã desta terça-feira.

A reunião começou por volta das 15h30, no gabinete presidencial no Palácio do Planalto e durou cerca de duas horas. Diante da presença de deputados federais e senadores catarinenses, o presidente Michel Temer se comprometeu a editar nesta quarta-feira (14), uma Medida Provisória que visa desburocratizar a liberação de recursos tanto do Ministério da Integração Nacional, quanto da Secretaria Nacional de Defesa Civil.

O prefeito de Rio do Sul teve por alguns minutos uma conversa reservada com Temer e entregou o relatório de prejuízos que a Prefeitura de Rio do Sul teve com a enchente, e que totaliza R$ 12,4 milhões. “Acredito que conseguimos sensibilizar o presidente sobre a importância de ajudar nossa cidade. Estamos sofrendo constantemente com estes problemas e precisamos de auxílio para recuperar Rio do Sul o quanto antes”, declarou Thomé.

O levantamento das perdas que o município todo teve ainda não foi concluído e deve ficar pronto nos próximos dias.

Albanir Júnior