Por: diario | 30/10/2016

As chamadas de telefones fixos entre municípios vizinhos vão ficar mais baratas para 587 cidades brasileiras das regiões Sul, Sudeste e Nordeste a partir de hoje. As ligações para municípios da mesma região em que eram cobradas tarifas de interurbanos passam a ter preço de chamadas locais.

As mudanças na regulamentação sobre as áreas locais para o serviço de telefonia fixa, foram publicadas no dia 3 de maio, assim que anunciou as alterações a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu prazo de 180 dias para a medida entrar em vigor. Em Santa Catarina 292 municípios serão beneficiados, praticamente todo o território catarinense o que inclui a região do Alto Vale.

A Anatel estima uma redução de 60% do custo desse tipo de ligação nas regiões beneficiadas, a variação do percentual, vai depender da operadora e do plano ou pacote contratado pelo usuário.

Na região do Alto Vale a Associação Empresarial de Rio do Sul (Acirs), comemora a redução no custo da ligação fixa para a região. O secretário executivo da Acirs, Cleber Stassun, comenta que a redução no valor dessas chamadas será muito positiva, principalmente para o setor produtivo. “Tudo o que reduz custo é importante para a empresa, seja comércio, indústria, ainda mais nesse momento que a gente vive, para alguns modelos de negócios o impacto vai ser relevante, porque dependendo da área de atuação da empresa, tem empresa que tem uma atuação muito focada no Alto Vale, então certamente vai beneficiar bastante essa redução desses custos”, disse.

No Alto Vale a medida é aguardada desde o final de 2010, época em que foi reconhecida a Região Metropolitana do Alto Vale do Itajaí, através de Projeto de Lei aprovado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Naquele ano um dos principais benefícios que a região recebeu foi o aumento do limite no financiamento do programa habitacional do Governo Federal, o Minha Casa Minha Vida, conta Stassun. “A próxima expectativa que se tinha já naquele momento era que a gente conseguisse a redução das tarifas com as mudanças dessas áreas de ligações interurbanas para toda uma área local que envolvesse a região do Alto Vale do Itajaí, demorou um pouco a gente tinha já essa informação da Anatel que uma revisão ela aconteceria a partir de 2015 e a Anatel publicou então essa consulta no ano passado”, comentou.

O secretário executivo da Acirs lembra ainda que a criação da Região Metropolitana, foi uma iniciativa que contou com o empenho de diversas entidades de classe. Stassun afirma também que desde 2010 consultas constantes eram feitas a agência reguladora de telefonia móvel, para acompanhar a questão da mudança tarifária. “Esse era um acompanhamento que a Associação fazia todos os anos, contatava a Anatel para verificar quando estava programada a questão dessa revisão, a Acirs teve um acompanhamento bem próximo com relação a isso”, afirmou.

Outras 10 regiões catarinenses também vão ser beneficiadas com a medida. A área local de Criciúma abrange 26 municípios daquela região, em Chapecó são 32, em Joaçaba são 45, em São Miguel do Oeste 49 cidades, na área local da Grande Florianópolis 22, em Itajaí são nove municípios, em Lages 23, em Joinville também são 23 cidades, a área local de Tubarão envolve 19 municípios e a de Blumenau 16.

Economia

As empresas que costumam utilizar muito a telefonia fixa para ligar para clientes na região terão redução de custos. A Tidas Soluções em Crediário, por exemplo, é uma delas. A empresa que tem a sede em Rio do Sul, tem atuação em todo o território catarinense, e atende cerca de 250 lojas no estado. O gerente administrativo da empresa, Jadiel Radke explica 30% das ligações feitas para as cobranças são feitas para os telefones fixos. “A gente já tinha um pacote comprado com quatro mil minutos para a nossa região aqui, eu tenho já um pacote de seis mil minutos que é longa distância […], a gente vai conseguir reduzir a longa distância que era Ituporanga que a gente tem muitas lojas, Rio do Oeste, e vai com certeza ter uma redução, ela vai ser proporcional, porque nós já temos um pacote de minutos comprado”, declarou.

A empresa pretende reavaliar os pacotes com as operadoras já que agora os telefonemas para fixos nos municípios da região passam a ter a tarifa local. “A gente vai redefinir os pacotes de minutos, e com certeza o custo vai cair um percentual em relação ao gasto de hoje”, concluiu.

Albanir Júnior