Por: diario | 31/05/2018

Um manifestante foi preso na noite de quarta-feira (30) em Imbituba, no Litoral Sul catarinense. Conforme a Polícia Civil, o homem é suspeito de agressão contra outros caminhoneiros, apedrejamento de veículos e intimidar motoristas que queriam abandonar os protestos. Ele também foi considerado pela polícia um dos líderes de atos criminosos no ponto de protesto.

No local onde foi preso, no km 282 da BR-101, ocorria o ponto de protesto mais crítico do estado, conforme a PRF. Houve desmobilização na quarta-feira em uma ação em conjunto com a Polícia Militar e o Exército e conflitos na terça (29).

Segundo a Polícia Civil, o suspeito era monitorado há três dias e foi preso em flagrante. Outros cinco homens que estavam na manifestação são investigados pela Polícia Civil. A Polícia Militar informou que um grupo foi conduzido à delegacia por volta das 21h, por atear pedras e foguetes em veículos que passavam.

O homem teria constrangido e causado lesões corporais em caminhoneiros, danificado veículos que passavam no local e incitado outras pessoas a praticarem violência.

A Polícia Civil ainda continua o inquérito e apura crimes de associação criminosa, incitação ao crime, constrangimento ilegal qualificado, desacato, ameaça, e desobediência.

 Fonte: G1