Por: diario | 02/08/2018

Iniciadas em março de 2017, as sessões itinerantes da Câmara de Vereadores de Agronômica têm atingido conseguido aproximar o Legislativo das comunidades.

De acordo com o presidente da Câmara pelo segundo mandato consecutivo e autor do projeto, Ivo Testoni, as sessões tem dado a oportunidade da população fazer as reivindicações ou dar sugestões para o desenvolvimento de cada localidade. “São pessoas diretamente ligadas aquele bairro, elas moram ali e vão discutir os assuntos dali. O outro objetivo é dar a oportunidade de homenagear as pessoas da comunidade. As que tiveram história junto do município ou bairro. Por exemplo ex-vereadores, lideranças, pessoas que fizeram parte da história, ou tiveram influência no desenvolvimento da comunidade, entre outros. Por exemplo na Sessão Itinerante de segunda-feira (30), tivemos 13 homenageados, sendo quatro vereadores e sete membros da comunidade”, explanou Testoni.

 

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

 

O presidente citou também que, com essas homenagens, o engajamento das pessoas nas sessões acaba sendo ainda maior. “As famílias e amigos das pessoas que serão homenageadas comparecem para prestigiar. E isso faz com que o projeto tenha bastante adesão”, explicou.

Depois de solicitadas, todas as reivindicações são encaminhadas à Câmara para a Sessão Ordinária e em seguida são enviadas ao Executivo. “Aí ele toma as providências, vê as possibilidades para resolver o problema. Para o prefeito essa também é uma oportunidade de ver o que cada comunidade está precisando. E muitas coisas são simples, que nós ou o Executivo nem imaginávamos que poderiam ser feitas, e com essa aproximação facilita bastante o conhecimento das necessidades”, completou Testoni.

Outro ponto que ajuda na resolução dos problemas, segundo Ivo, é a presença do Executivo em todas as reuniões, onde existe o alinhamento da discussão conjunta das necessidades.

Além das sessões itinerantes, outra forma de aproximar a população, foi trazer as entidades do município para participar. “A entidade pode expor o trabalho dela e os vereadores podem saber qual a finalidade de cada uma. Se você deixa as coisas acontecerem naturalmente na Câmara não há público, a população não se envolve. Só tem público quando a pauta interessa ou é mais polêmica, e a intenção é que a população esteja sempre junto do Legislativo”, disse.

Economia em diárias

Testoni disse que neste ano a economia será significativa em diárias, pois os vereadores não vão viajar como aconteceu no ano passado. “Na verdade eu fiz um compromisso com os outros vereadores, de que em 2017 todos teriam oportunidade de conhecer Brasília. E foi o que aconteceu com todos. Eles viajaram também à Florianópolis pelo menos uma vez no ano. Claro que o intuito foi de se especializar em seminários e trazer benefícios ao município. Mas neste ano estamos cumprindo o compromisso de economia em viagens para realizar obras no município com a devolução do dinheiro ao Executivo”, finalizou o presidente.

Elisiane Maciel