Por: diario | 28/09/2018

Os servidores municipais de Ituporanga recebem nesta sexta-feira (28), o primeiro pagamento com reajuste no valor do vale alimentação, que passou de R$ 150 para R$ 300, independente dos cargos ocupados pelos quase 800 servidores. O aumento deve injetar R$ 114.900,00 na economia do município todos os meses e representa mais de R$ 15% de acréscimo para os trabalhadores que ganham os salários mais baixos.

O pedido, que é uma solicitação antiga dos servidores, foi atendido após a aprovação de um projeto de Lei na Câmara de Vereadores, mas só foi possível depois que a prefeitura adotou medidas para a diminuição dos gastos com a folha de pagamento, já que o município havia ultrapassado o limite legal e estava impedido de conceder benefícios como aumentos.

O reajuste deve beneficiar principalmente servidores da Secretaria de Obras e Infraestrutura que atualmente recebem um salário de R$ 954. É o caso de Celita Kammers, que comentou que o dinheiro extra vai melhorar a alimentação de toda a família.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“Esse vale vem em boa hora para a gente porque vai ajudar em muitas coisas. Dá umas caixas de leite a mais, um botijão de gás e muitas coisas, então estamos bem felizes com esse aumento”.

A servidora Rosana Aparecida Cavalheiro Muller, explica que o valor também vai fazer a diferença para ela no fim do mês.

“Para nós é importante porque trabalhamos de sol a sol para garantir o alimento dos nossos filhos então para mim é uma gratificação. Essa promessa era de anos atrás e nunca havia sido cumprida então agora ficamos felizes”.

Já Marina Gothrio da Silva, comemorou o aumento assim como as colegas. “Para mim e minha família será uma ajuda. Lutamos muito por isso e agora conseguimos para a turma toda. Essa é uma conquista porque era uma coisa que a gente precisava muito. Para mim que tenho salário bem baixo vai melhorar bastante, dá até para fazer uma compra melhor todo mês”.

De acordo com a secretária da Administração, Bruna Rodolfo, desde o ano passado a Administração tem colocado em prática várias ações de redução no valor da folha de pagamento e economia aos cofres do município, que incluíam, por exemplo, o corte de 20% do salário pago aos comissionados, medidas que possibilitaram esse aumento do benefício.

“Pegamos a prefeitura em um momento de crise econômica e várias medidas drásticas de redução tiveram que ser tomadas. Mas a nossa equipe da Secretaria, juntamente com o Controle Interno, tem realizado vários estudos a respeito da defasagem do Plano de Carreira dos Funcionários Públicos, onde muitas adequações poderão ser feitas a partir de agora, já que atingimos a meta esperada”.

A secretária diz ainda, que o auxílio-alimentação foi priorizado como primeira medida porque beneficia de forma igualitária todos os servidores do município, mas adianta que outras ações ainda devem ser colocadas em prática para a valorização dos servidores.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

O prefeito Osni Francisco de Fragas, o Lorinho, explica que a medida também ajuda no fomento à economia do município.

“Depois de vários cortes conseguimos atingir nossa meta e cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, nos permitindo conceder esse auxílio que além de complementar a renda do nosso trabalhador que tanto merece, vai movimentar a economia do município”, finalizou.

Helena Marquardt

Veja também as últimas atualizações: