Por: diario | 01/06/2013

Até o dia 9 diversas atividades alusivas a data serão realizadas em Rio do Sul

A Semana do Meio Ambiente, promovida pela prefeitura de Rio do Sul, começa neste sábado. Alunos e professores da Escola Frederico Navarro Lins, do bairro Barra do Trombudo, farão uma caminhada ecológica e um trabalho de recuperação da segunda nascente do Ribeirão do Tigre.

O Dia Mundial do Meio Ambiente celebrado no dia 5 de junho será lembrado em Rio do Sul até domingo, dia 9, com diversas atividades. Na segunda-feira, a partir das 7h, a prefeitura de Rio do Sul realizará o Desafio Intermodal. De acordo com o diretor de Eventos da prefeitura, Marcus Bauermann Costa, a ação consiste em avaliar a eficiência dos meios de transporte e o impacto na mobilidade urbana.

Voluntários vão partir de diversos pontos do município, utilizando diferentes meios de transporte. O encontro será em frente a prefeitura de Rio do Sul, onde será calculado o tempo que cada um levou para percorrer o trajeto.

Na terça-feira, entre 8h e 15h, alunos das redes municipal e particular de ensino farão visitas à Estação de Tratamento de Água (ETA) da Casan, localizada no bairro Laranjeiras.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a mobilização vai ocorrer na Praça Ermembergo Pellizzetti, durante toda a manhã. De acordo com Maria Arceno, chefe de divisão de Resíduos Sólidos da prefeitura, a comunidade poderá trocar um quilo de alimento ou um agasalho por uma sacola retornável.

No mesmo dia, algumas escolas vão paralisar as atividades para uma ação de limpeza e coleta de resíduos sólidos em torno das unidades de ensino. Às 10h30, no Centro de Educação Infantil Augusto Bosco, no loteamento Santa Clara, no bairro Laranjeiras, os alunos farão o plantio de mudas em torno da escola. A mesma atividade será realizada na Escola em Tempo Integral Ella Kurth, no bairro Rainha, às 14h.

Na quinta-feira, às 10h, cerca de 300 alunos da rede municipal e particular de ensino vão participar de uma palestra com o coordenador de Comunicação Social da Usina Salto Pilão, Rubens Roberto Habitzreuter, que vai abordar o tema “O rio Itajaí pede nossa ajuda”.

Domingo, a partir das 7h, haverá outra mobilização, dessa vez no Parque Harry Hobus. Mais de 30 botes e outras embarcações farão trajetos diferenciados para a limpeza das margens dos rios que cortam o município. De acordo com Maria Arceno, chefe de divisão de Resíduos Sólidos, “neste dia todos os olhares estarão voltados para o ‘Rio que queremos’. Cada cidadão poderá fazer sua reflexão sobre o lixo que produz e sua correta destinação”.

O dia será marcado por diversas atrações culturais e de sensibilização sobre a importância de preservar o meio ambiente.

São parceiros do evento a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Unidavi, Casan, Câmara de Vereadores, Grupo de Escoteiros Mafeking, Serrana Engenharia, Apremavi, Grupo Salto Pilão, Sesc, Senai, Radical Rafting, Sinfiatec, Associação Expedição e Aventura e Frigorífico Riosulense. Cravil, Recopy, Ponto da Malha e Foto Clube.