Por: diario | 11/01/2019

O novo secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, afirmou durante entrevista ao vivo nesta quinta-feira (10) ao NSC Notícias que, inicialmente, vai buscar recursos com a iniciativa privada, bancos e organismos internacionais, já que a infraestrutura não está lista como prioridade no orçamento de 2019 do estado.

“Dentro da política do governador Moisés [PSL], nós esperamos que, à medida que a administração for construindo o projeto de governo atual, esses recursos vão aparecer frutos do próprio investimento na infraestrutura. Então, com a infraestrutura sendo melhorada, a ideia é aumentar a economia. Gerar economia gera riqueza, gera recolhimento. E esse recolhimento vai poder se reverter novamente em infraestrutura, para melhoria e ampliação já, e também para as outras pastas”, disse o secretário.

Esta é a quarta e última da série de entrevistas dos novos secretários de Santa Catarina. Na segunda (7), o entrevistado foi o secretário da Educação, Natalino Uggioni, na terça (8), o de Saúde, Helton de Souza Zeferino, e na quarta (9), coronel Araújo Gomes, da Segurança Pública.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Hassler também comentou sobre os trabalhos no acesso ao novo terminal do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis. Ele afirmou que a secretaria trabalha para que a estrada esteja pronta quando houver a inauguração do novo prédio.

“O cronograma elaborado e inicialmente acordado para essa obra era final do ano. Então, ótimo, a iniciativa privada, com seus meios e suas facilidades não atreladas à nossa máquina administrativa e à nossa legislação, conseguiu antecipar. Nós vamos fazer o possível para também estar atendendo isso”.

Ele também falou sobre sua experiência em gerenciar e coordenar projetos e obras.

Biografia

Carlos Hassler comandou o 1° Batalhão Ferroviário de Lages, na Serra. Ele é mestre em operações militares e tem doutorado em ciências militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Conforme o governo, tem experiência na coordenação de obras de engenharia urbana, como construção, recuperação e pavimentação de rodovias, pontes e estruturas portuárias.

Por NSC TV