Por: diario | 30/05/2013

Revitalização da SC 110, entre Imbuia e Ituporanga, é a principal conquista no primeiro semestre

O grande desafio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Ituporanga no primeiro semestre de 2013 foi vencido, o lançamento do edital de revitalização do trecho da SC- 110, do trevo de Imbuia até Ituporanga. “Essa foi a nossa primeira conquista depois que reassumimos a regional, segundo o prazo do secretário do Estado de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, se não houver nenhum contratempo, no final de agosto ou setembro as obras iniciam e a revitalização da rodovia sai de uma vez por todas”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Regional de Ituporanga, Elias Souza. Elias assumiu a SDR em abril deste ano, mas já havia sido secretário durante os oito anos do governo Luiz Henrique.

Enquanto a obra de revitalização não sai do papel, a secretaria está providenciando operações tapa buracos na rodovia, como forma de amenizar a situação no local. Mais uma etapa emergencial deve acontecer na primeira quinzena de junho.

Na área da educação, outro projeto foi aprovado recentemente para a regional de Ituporanga, a construção de uma nova estrutura para a Escola de Educação Básica (E.E.B) Frei Manoel Felipe, de Imbuia. “Fechamos a documentação na terça-feira em Florianópolis, estamos agora em fase de lançamento de edital, se tudo der certo em dois ou três meses as obras devem ter início”, explicou Souza. A escola Frei Manoel é a única instituição estadual do município de Imbuia, e atende mais de mil alunos. Segundo o secretário regional, durante a obra que deve demolir a estrutura atual e construir uma nova, os alunos serão alojados em unidades municipais e em um salão onde serão adaptadas salas de aula.

Recentemente a SDR de Ituporanga, com o apoio de deputados da região, assinou um convênio de R$ 400 mil para o Hospital Bom Jesus, de Ituporanga. “Esta é apenas a primeira etapa de um convênio de R$ 900 mil”, afirmou o secretário, que destacou que o grande investimento na saúde regional pode se dar a partir de uma verba do Estado, provinda de um empréstimo do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Todas as cidades do estado vão receber essa verba, valor que é calculado de acordo com o número de habitantes e de demandas de cada município. Para a nossa regional, o que a gente sabe é que vai gerar em torno de R$ 1 milhão para cada município, e os prefeitos serão responsáveis de elencar as prioridades e decidir onde vão investir, e é por isso que eu acredito que a saúde será bastante contemplada, pelo que eu tenho acompanhado, os prefeitos precisam de ajuda para equipar os postos de saúde, adquirir ambulâncias e outros itens”, explicou.

A previsão é que o governo do Estado, através da secretaria de Desenvolvimento Regional de Ituporanga, passe mais de R$ 12 milhões aos municípios que compreendem a regional: Ituporanga, Vidal Ramos, Imbuia, Aurora, Atalanta, Leoberto Leal, Alfredo Wagner, Petrolândia e Chapadão do Lageado.

Ligação asfáltica entre Atalanta e Ituporanga 

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional de Ituporanga, Elias de Souza, em breve a SDR estará fazendo um trabalho forte no que ele mesmo descreveu como “tão sonhado” projeto de ligação asfáltica entre os municípios de Atalanta e Ituporanga, uma obra avaliada em R$ 26 milhões, mas que é de grande importância para o desenvolvimento de toda a região. “Estamos pleiteando agora o desenvolvimento do projeto que deve custar em torno de R$ 1,5 milhão, já temos o ‘Ok’ do nosso secretário [de infraestrutura Valdir Cobalchini], do secretário da Fazenda, e o pedido está agora no Grupo Gestor do estado”, acrescentou.