Por: diario | 27/03/2017

Os primeiros meses do ano têm surpreendido o mercado de trabalho rio-sulense. Pelo menos isso é o que diz um balanço sobre novas oportunidades de emprego com carteira assinada, divulgado recentemente pelo Ministério do Trabalho. A pesquisa mostrou que entre janeiro e fevereiro de 2017, o saldo positivo entre contratações e desligamentos no município foi de 527, número bem acima da quantidade registrada no mesmo período em 2016, quando o saldo era de 135 vagas. Essa é a primeira vez desde 2013 que Rio do Sul apresenta um saldo positivo de empregos, o que coloca a cidade como destaque no Alto Vale e até mesmo no estado.

O prefeito do município, José Thomé, comemorou o resultado e disse que o balanço positivo é um reflexo do atual movimento econômico da cidade. “Há uma reação do mercado e a gente fica feliz por isso. O nosso setor metalúrgico é um setor muito consolidado e Rio do Sul realmente é uma cidade diferenciada nesse contexto. A gente tem empresas com um potencial de crescimento, inclusive no exterior, bastante significativo”, afirma Thomé.

Para o prefeito, o setor de vestuário também está em expansão no município, e ajudou a construir o saldo positivo de empregos. Segundo ele, Rio do Sul é referência nacional em roupas jeans e outras confecções, por exemplo. “O bom é que quando o mercado nacional começa a se estabilizar, a gente já está saindo mais na frente ainda, diante desse potencial que Rio do Sul apresenta para o estado e para o Brasil”, explica.

Melhor saldo em anos

Nos últimos anos, demitiu-se mais do que se contratou. Só em 2015, o município registrou um saldo negativo de 1.194 vagas. Portanto, o resultado da pesquisa deve indicar uma recuperação do mercado de trabalho local e, consequente, a retomada de contratações na cidade. “Isso realmente é muito bom para a questão da economia local, da arrecadação, e do comércio que volta a ter fluxo de vendas, então ganham todos”, ressalta Thomé.

O prefeito conta que o percentual de empregos gerados em Rio do Sul é um dos mais expressivos do estado. Isso coloca o município em destaque, já que essa não é a realidade da maioria do país. Com o resultado positivo já nos primeiros meses do ano, a expectativa é que ainda mais vagas sejam criadas no decorrer dos próximos meses. “Certamente aqui no Alto Vale é um dado muito expressivo, mas se comparado em nível de estado eu tenho certeza que a gente também está bem na frente”, finaliza.

Carolina Ignaczuk