Por: diario | 03/10/2019

Helena Marquardt

Um evento que une paixão pela gastronomia, amigos e o objetivo em comum de ajudar quem mais precisa. Assim será a primeira edição do Festival Risoto do Bem, que acontece no dia 30 de novembro no Centro de Eventos Hermann Purnhagen em Rio do Sul e que terá todo o lucro revertido para três entidades beneficentes: a Associação de Familiares de Pessoas com Autismo e Deficiência Intelectual (Afadi), Associação Renal Vida e Asilo São Vicente de Paulo.

A chef de cozinha Micheli Naschenweng explica que a intenção é promover um evento diferente, onde duplas vão preparar de forma voluntária até 30 tipos de risotos que poderão ser experimentados por quem prestigiar o Risoto do Bem. “Foi uma iniciativa de um grupo de amigos, pessoas que tem o intuito de doar o seu tempo, seu gosto pela culinária e beneficiar aquelas pessoas que mais precisam”, comenta.

Os risotos vão ser servidos no pavilhão 2, que vai ser totalmente adaptado para a preparação dos pratos e receberá estrutura completa para atender bem os visitantes. A expectativa da organização é vender de 1.500 até 2.00 mil cartões que já estão sendo comercializados a R$ 30,00 de forma antecipada ou que vão custar R$ 40,00 no dia do evento. “Quem quiser já pode adquirir seu cartão na Cacau Show, Farmácia Bonfanti, e também com todos os risoteiros”, revela o empresário Almir Petris que está ajudando na organização.

O empresário Sérgio Alexandre Medeiros será um dos chefs participantes do evento. Ele comenta que gosta muito de cozinhar para a família e no dia 30 vai preparar um risoto de limão siciliano com panceta que é sua especialidade. “Sempre faço em casa para minha família e a gente poder fazer o alimento que a gente gosta e ainda ajudar as entidades, as pessoas que necessitam, é muito prazeroso”, disse.

O médico Leontino Ribeiro Neto, da Associação Renal Vida, que será uma das entidades beneficiadas, comenta que toda a ajuda é bem vinda. “Com um pouquinho de cada um a gente consegue manter a qualidade de vida para os nossos pacientes e essa ideia é sensacional. O Risoto do bem reúne as pessoas que gostam de cozinhar, se dedicam a cozinha e a solidariedade. Ao mesmo tempo que tem o prazer de cozinhar você ainda coopera com as entidades”, finaliza.