Por: diario | 1 mês atrás

Luana Abreu

 

Nesse ano, o Diretório Estadual do Partido Progressista (PP) passou a contar com diversos rio-sulenses. Francisco Goetten de Lima, Jorge Teixeira, Bárbara Kirsten e Dionísio Maçaneiro agora integram o grupo que foi eleito recentemente em Santa Catarina. Já na Executiva do partido está o ex-prefeito de Presidente Getúlio, Nilson Stainsack.

 

De acordo com o vereador Francisco Goetten de Lima, o Chico, os trabalhos do novo Diretório e da nova Executiva se concentram na organização do partido para os pleitos municipais, que ocorrem em menos de um ano. Aos cinco, caberá fazer esse papel no Alto Vale. Depois desse período, o vereador acredita que será mais fácil para os futuros candidatos disputarem a eleição estadual, em 2022. “Nossa região tem potencial de eleger, pelo menos, três deputados federais e quatro ou cinco estaduais. Nesta legislatura, temos apenas dois estaduais e um federal. Isso ocorre por falta de organização partidária no Alto Vale”, argumenta.

 

Em Rio do Sul, a convenção dos Progressistas será realizada em 22 de novembro, na Câmara de Vereadores e novo Diretório e a nova Executiva serão escolhidos na ocasião. Chico explicou também que o objetivo do partido no município é equilibrar a representação entre homens e mulheres, integrando também a juventude no pleito eleitoral do próximo ano. Além disso, há a expectativa de que a sigla municipal seja comandada por uma mulher, ato inédito.