Por: diario | 03/08/2018

Está marcada para a próxima segunda-feira (6), a entrega do Plano de Desenvolvimento Econômico Municipal (Pedem) de Rio do Sul. O objetivo é identificar os setores que mais produzem no município. Além de alinhar práticas que estimulem o desenvolvimento da economia local.

Essa é uma das 34 ações do programa Cidade Empreendedora, que busca criar um ambiente propício de negócios. O evento acontece a partir das 19h no bloco G da Unidavi.

Para montar o plano foram criados cinco eixos para aproximar o poder público da classe produtiva: comércio varejista, agroalimentar, eletrometalmecânico, tecnologia da informação e comunicação, e têxtil. Durante todo o processo de construção do Pedem, que durou cerca de 10 meses, o Sebrae promoveu reuniões e encontros com lideranças e empresários locais.

 

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

 

“O poder público criou o Pedem em parceria com o Sebrae, mas de agora em diante é fundamental o protagonismo dos empresários. O serviço tem que ter continuidade independente da mudança de gestão municipal. Para isso é fundamental que as categorias trabalhistas rio-sulenses estejam bem alinhadas. Isso traz mais segurança, possibilita a geração de novos negócios e aprimora a rede de negócios e networking”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Fiamoncini.

O Plano

O Plano de Desenvolvimento Econômico Municipal é um documento que tem por objetivo identificar e planejar eixos estratégicos para o desenvolvimento econômico da cidade. Seu conteúdo é elaborado em parceria com a classe empresarial de todos os setores e entidades do município.

“O Pedem garante aos gestores públicos informações fundamentais para a construção de um planejamento assertivo, que busca o crescimento das empresas e o desenvolvimento social e econômico de Rio do Sul”, explica Donizete Böger, coordenador regional do Sebrae Vale do Itajaí.

Casa do Empreendedor

Fiamoncini adianta também que está em fase final de estruturação, a Casa do Empreendedor, um espaço físico que oferecerá atendimento exclusivo ao empresário. A previsão é de que ele seja inaugurado ainda no segundo semestre de 2018. “Neste novo local iremos realizar abertura de empresas, capacitações gratuitas, qualificação e treinamentos exclusivos. Com isso, o poder público se aproxima da classe produtiva, pois queremos aumentar o volume de compras públicas locais. Fazer com que o empresário venda mais para a Prefeitura, o que irá refletir no desenvolvimento da cidade”.

O secretário frisa ainda que a iniciativa irá incentivar a economia local e potencializar recursos financeiros para promover o crescimento do município.

Para Donizete Böger o Cidade Empreendedora impacta em transformação. “Oportuniza ao município transformar a realidade local, para que a implementação de políticas públicas, promovam, de fato, um ambiente favorável aos negócios e para garantir mais recursos circulando localmente”, conta.

O diferencial, segundo ele, é o desenvolvimento a partir de atores locais. “É um programa de transformação econômica de município voltado para a gestão pública e para os atores do desenvolvimento local. Tem como foco melhorar o ambiente de negócios, através da implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios”, finaliza.

Palestra “O profissional do futuro”

No evento que apresentará o Peden, ainda haverá uma palestra de Arthur Igreja que é empresário, investidor-anjo e professor da FGV-RJ. Forma também com Ricardo Amorim, o programa Manhattan Connection, e Allan Costa a plataforma AAA. Com experiência profissional e acadêmica em mais de 25 países, ele vai abordar o tema “O profissional do futuro”. A entrada é gratuita, porém é necessário fazer a inscrição através do link: sebrae.sc/convitersl.

Susana Lima