Por: diario | 13/11/2014

Helena Marquardt

Rio do Sul vai sediar nesta sexta e sábado, o primeiro Simpósio Nacional da Raça Limousin. O evento, organizado pela Associação Brasileira de Limousin vai destacar os potenciais da região para a criação de gado e as oportunidades desse mercado. Durante os dois dias, o público poderá acompanhar diversas palestras de assuntos relacionados a raça e ainda fazer uma visita técnica a Fazenda Flor da Serra onde ela já é criada.

De acordo com o médico veterinário da Associação, Marco Antônio Riberto Figueiredo, técnico da ABL em Santa Catarina, a programação inicia na sexta-feira com a a bertura oficial com a presença do Conselho de Adminitração da associação, Luiz Meneghel Neto e depois segue com várias palestras com os temas ““Limousin – Oportunidades e Desafios” e “A Cadeia Produtiva da Carne Bovina” além da visitação de animais na Fazenda Flor da Serra.

Já no sábado acontece a apresentação do Programa de Melhoramento Genético da Raça Limousin – Geneplus e as palestras “Dieta 100% Concentrado para Bovinos”, “Resultado de Abate”, “Qualidade do solo e qualidade da carne: existe relação?”, “Cruzamento industrial e evolução da inseminação artificial no Brasil”, “As ações da Cidasc na excelência sanitária de Santa Catarina”, “Sanidade” entre outros temas.

A raça Limousin

A Limousin é originária da região Limousin, na França, e inicialmente os bovinos utilizados como animais de trabalho, devido à sua elevada robustez física e grande docilidade.Devido a fácil adaptação já que conseguiam viver em regiões com temperaturas que variam entre -15° C e os 30° C, a raça acabou se espalhando por todo o mundo.

No Brasil, a raça chegou ainda nos tempos do Império por volta de 1850 quando um engenheiro francês presenteou um criador mineiro com um desses animais. Tempos depois, alguns animais da raça foram importados e utilizados também em cruzamentos nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul onde são encontrados em grandes rebanhos até hoje.

A Associação

A Associação Brasileira de Limousin, ABL foi fundada em 1986, direcionando-se para um trabalho junto ao Ministério da Agricultura para ser gestora do registro genealógico da raça Limousin. Esse esforço obteve reconhecimento e a partir de então vem desenvolvendo processos de gestão junto aos associados e outros públicos de relacionamento para adaptar a raça Limousin as condições do mercado brasileiro.