Por: diario | 10/03/2019

A capoeira é uma das manifestações culturais que tem ganhado cada dia mais força em Rio do Sul e também uma aliada quando o assunto é a formação de bons cidadãos. Esses são os objetivos principais do instrutor Jonas Capitani, conhecido como Dumbo, que irá realizar no dia 18 de maio na Capital do Alto Vale, a 6ª edição do Campeonato Sul Brasileiro. As disputas serão realizadas no Ginásio Municipal Artenir Werner.

Em relação a preparação do evento, Dumbo destaca que a organização teve início já em outubro.

“Já estou há seis meses me dedicando a este campeonato, correndo atrás de espaço, premiação e parcerias, para que no dia do grande espetáculo, tudo saia como o esperado. Vale destacar que não sou filiado a nenhuma federação esportiva, logo, a competição não garantirá pontos no ranking da modalidade, pois o meu intuito com esses eventos na região, é de incentivar dia após dia, a inclusão da capoeira na vida das pessoas. Até o momento já temos inscritos nas disputas atletas do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e de Santa Catarina, e queremos até o dia do evento reunir mais de 30 cidades e tenho certeza que vamos conseguir”, frisou.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Questionado sobre o sucesso que o evento está se tornando na região, Dumbo destaca que o foco maior na realização do campeonato, é de justamente incentivar a prática do esporte e valorizar as tradições dessa cultura que é capaz de transformar vidas.

“A capoeira é uma arte que nos ensina muito, que nos torna pessoas cada dia melhores. Esse evento é sem dúvida um sucesso na nossa cidade, porque ele começou do nada, a primeira competição reuniu apenas 30 atletas e hoje, chegar a passar de 200 capoeiristas em meus eventos, é muito importante principalmente para mim, pois é um sinal de que estou no caminho certo. No ano passado batemos o recorde de participantes e conseguimos reunir no ginásio cerca de 215 capoeiristas e tenho certeza, que neste ano, não será diferente, queremos chegar nesta numeração ou quem sabe superar esse número de inscritos”, destacou.

Dumbo já tem uma bagagem de 19 anos na capoeira, sendo 17 ensinando a modalidade.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“Esse esporte é muito importante para nossas crianças, pois é através dessas aulas que realizo nos municípios de Mirim Doce, Presidente Nereu, Lontras e Rio do Sul, tanto nos Centros de Educação Infantil (CEIs) e escolas públicas que as crianças aprendem fundamentos importantíssimos como os movimentos, através da música e instrumentos que estão presentes diariamente em nossas atividades. Acredito que ainda vamos muito além, pois com esses ensinamentos temos muito a somar tanto no meio ambiente escolar quanto familiar, para que juntos tenhamos êxito no desenvolvimento de cada aluno, como os demais envolvidos no projeto, para termos bons cidadãos, que certamente, poderão somar na sociedade, causando assim, um grande impacto para o bem. Queremos incluir todos os atletas interessados na capoeira, desde os alunos com três meses de treinos até os mais experientes”, enalteceu.

Programação

No dia do evento, será realizado na Praça Ermembergo Pelizzetti, bem no Centro de Rio do Sul, a roda na praça, com início às 10h. Já o campeonato está previsto ás 13h30 e terá seis rodas simultâneas que serão analisadas por três árbitros que decidirão os vencedores de cada jogo. A premiação será em medalhas, onde todos os capoeiristas serão contemplados. Já os atletas profissionais, além da medalha, receberão um valor em dinheiro.

Jéssica Sens