Por: diario | 12/11/2014

Aline Kummrow

Rio do Sul/Equibrasil recebeu ontem o Dentil/Praia Clube de Minas Gerais para o segundo jogo da Superliga Feminina de Vôlei. A torcida compareceu e lotou o ginásio Artenir Werner, mas não foi suficiente para superar o time mineiro. Comandado por Tandara, as visitantes fecharam em 3 a 1.

No primeiro set, o Dentil começou melhor e abriu quatro pontos de vantagem, Rio do Sul conseguiu chegar ao empate, mas continuou errando o saque, fechando o segundo tempo técnico em 16 a 13 para as mineiras. O técnico Spencer Lee tentou mudar o jogo trocando a levantadora, Yael por Luciana, mas o Dentil/Praia Clube fechou em 25 a 16.

As rio-sulenses começaram melhor o segundo tempo e abriram logo três pontos de vantagem, se manteram sempre à frente no placar, mas chegando aos 21 pontos, deixaram as visitantes marcar cinco de uma vez, empatar a partida e passar a frente. O time mineiro não perdoou e encerrou o set em 27 a 25.

O Dentil/Praia Clube recebeu um cartão vermelho antes de iniciar o terceiro set e Rio do Sul saiu na frente, sem mesmo começar a jogar. Demorou para as meninas de Spencer Lee entrar de verdade na partida, mas conseguiram fechar o segundo tempo técnico em 16 a 13 e o set em 25 a 20.

O quarto set foi equilibrado, com o Praia Clube as vezes na frente, mas Rio do Sul sempre buscando. A torcida também não desanimou e embalou as rio-sulenses que chegaram a ficar à frente no placar, mas não conseguiram segurar as mineiras que fecharam em 25 a 21 e a partida em 3 a 1.

O próximo jogo do Rio do Sul/Equibrasil, que ainda não pontuou na Superliga, é já nesta sexta, em Osasco, São Paulo, contra o também favorito time Molico/Nestlé.