Por: diario | 14/11/2017

Rio do Sul terminou a 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina disputado em Lages na última semana com a 16ª colocação no quadro final de pontos. No quadro de medalhas o município ficou na 12ª colocação com quatro ouros, seis pratas e outros três bronzes, 13 no total. Outros três troféus também foram conquistados pelo bolão 23 masculino, tiro de armas curtas e xadrez feminino que foram as modalidades destaque na competição.

No tiro, foram sete medalhas, sendo uma de ouro, cinco de prata e um bronze, rendendo a equipe à segunda colocação geral da prova. Já o bolão 23 masculino de Rio do Sul ficou com a terceira colocação, garantindo o segundo troféu do município e mais uma medalha de bronze por equipes. O xadrez feminino, no último dia de jogos, conquistou o terceiro troféu ao garantir a terceira colocação da competição, além de duas medalhas de ouro.

Outras modalidades de Rio do Sul se destacaram, caso do ciclismo, que disputou mais de cinco provas e pontuou na maioria delas. Durante boa parte da competição o município esteve dentro do grupo de pontuação geral, porém, após as provas de marathon e bicicross a equipe finalizou a participação na sétima colocação.

“O nosso ciclismo mostrou que pode ser forte novamente. Desde 2007 não tínhamos uma equipe completa e um medalhista e nesse primeiro ano de trabalho estamos conseguindo isso, mas em virtude do apoio dos atletas que são incentivadores e de alguns patrocinadores que ajudaram a Fundação neste primeiro ano”, comentou o superintendente da Fundação Municipal de Desportos (FMD), Jeberton Fermino.

Além do ciclismo, a Fundação também teve representantes no karatê, judô e atletismo masculino, bolão 23 feminino, tênis de mesa feminino, tênis masculino, basquete masculino e feminino, tiro, xadrez masculino e feminino. Foram mais de 130 atletas participando das disputas pelo município.

Fermino destacou que os resultados ficaram dentro do esperado. Ele citou que neste primeiro ano de trabalho os investimentos foram concentrados na base e os resultados vieram da mesma forma. “Vamos continuar atuando dessa forma. Tivemos atletas que disputaram os Jogos Abertos que já vieram da base e isso nos motiva a continuar trabalhando dessa forma. Ficamos satisfeitos, porque tudo que projetamos para essa competição acabou acontecendo. Temos que parabenizar todos os atletas, técnicos e nossa equipe por representar nosso município”.

Xadrez feminino conquista terceiro troféu

Na última rodada da competição na sexta-feira (10), o xadrez feminino de Rio do Sul mostrou seu potencial. Jogando a última rodada diante de Concórdia, o quarteto formado por Sara Martins, Vanessa Feliciano, Jaciane Feldmann e Laura Luisa Eger precisava apenas empatar sua partida para garantir o terceiro lugar geral. Após quatro partidas, Vanessa e Sara venceram seus duelos garantindo a terceira colocação da competição. Além das vitórias, as atletas confirmaram duas medalhas de ouro na competição em seus tabuleiros.

Em números, a equipe feminina disputou sete jogos, vencendo quatro duelos e empatando outros três, somando 17,5 pontos. Blumenau ficou com o segundo posto com 19 pontos e Itajaí venceu com 22. Já o masculino terminou com a 15ª colocação no geral.

O diretor técnico da Fundação Municipal de Desportos (FMD), Sérgio Luis Schlemper, elogiou o desempenho da equipe rio-sulense, lembrando que na última edição dos Jogos Abertos, em 2015, a equipe também havia conquistado o título geral no feminino. Ele lembrou que o grupo desta temporada é formado por atletas reveladas no Clube Rio-sulense de Xadrez.

“O xadrez feminino tem muita tradição em Rio do Sul. Nessa temporada tivemos a grata surpresa da Laura e da Jaciane serem atletas revelação e comporem muito bem a equipe. Elas já disputaram os Joguinhos Abertos neste ano e mostraram seu potencial, correspondendo às expectativas. Estamos muito felizes com esse resultado, porque nosso objetivo de fortalecer a base já tem sido positivo”, comentou.