Por: diario | 14/11/2017

Foi realizado no sábado (11), no salão paroquial da igreja São José Operário, em Rio do Sul, o evento Progressistas em Ação. Na oportunidade foi anunciado o nome do pré-candidato a deputado estadual pela sigla, o vereador rio-sulense Francisco Goetten de Lima, o Chico, e também do pré-candidato à Câmara dos Deputados, em Brasília, o vereador lontrense, Glauco Kuhl.

Porém, a presença do ex-prefeito de Presidente Getúlio por dois mandatos, Nilson Stainsack, poderá resultar em uma disputa interna pela vaga à Câmara Federal. Ele conta que deverá fazer uma análise sobre a possibilidade, consultar amigos, familiares e também seu grupo político antes de tomar uma decisão. “Vou pensar até o fim do ano e quem sabe a gente entra nessa empreitada para tentar uma vaga na Câmara dos Deputados. Tenho que avaliar muito bem, pois só enfrentarei esse desafio se tiver condições concretas de vencer, e para isso vou entrar de cabeça”, revela.

A indefinição não interrompe o planejamento de Glauco Kuhl que afirmou que a definição das pré-candidaturas é um momento histórico, pois coloca o Alto Vale novamente no mapa político do Estado. “Queremos ser um nome novo, um nome de representação, para que em Brasília possamos fazer as mudanças necessárias e ter um partido digno como o PP”, comemora.

O pré-candidato explica que a comunicação, principalmente as mídias sociais, será o diferencial no sucesso eleitoral dos candidatos. “Vamos construir um projeto com o mesmo planejamento e organização que vem sendo feito até agora”, explica.

O presidente dos Progressistas de Rio do Sul, Maicon Coelho, destacou a importância de Rio do Sul sediar um evento tão importante para a sigla na região. “É uma honra muito grande e a gente tem que fazer nosso trabalho e trazer mais deputados para região. Queremos mostrar a força do nosso Alto Vale e garantir mais representatividade”, explica.

O pré-candidato a deputado estadual, Francisco Goetten de Lima, afirma que o sentimento é de dever cumprido. “Hoje nós concebemos esse projeto de forma democrática, como nunca vivi na minha história política”, comemora.

Chico afirma que estava preparado para aceitar o desafio e que o próximo passo será a organização do time para coordenar esse grande trabalho. Após reestruturar os diretórios municipais, a expectativa do partido agora é organizar a Juventude Progressista e as Mulheres Progressistas em todos os municípios do Alto Vale do Itajaí.

O deputado federal e presidente estadual do partido, Esperidião Amim, afirmou que o Alto Vale deu exemplo de democracia na escolha dos pré-candidatos. “Nós tínhamos aqui companheiros de fora da região, de Joinville, Brusque, que vieram aqui para ver como se faz uma escolha democrática de candidato”, explica.

Questionado sobre a indefinição em relação a vaga para deputado federal, Amin disse que “a liturgia ainda vai prosseguir e que a escolha do partido também será democrática”, revela.

Em relação a Chico, Amin afirmou que a campanha não será dele, mas da raiz progressista do Alto Vale do Itajaí. “Será a campanha da juventude, da transparência, da clareza, a campanha que ele vai liderar já é vitoriosa”, explica.

Questionado sobre a possibilidade de representar os Progressistas em uma disputa pelo governo do Estado, Amin afirmou que essa definição não pode ser individual e que precisa ser avalizada pelo partido. Garantiu que como representante da sigla em nível estadual busca articulações políticas na conversa com representantes de diversos partidos.

Rafael Beling