Por: diario | 18/07/2019

Na primeira visita como senador a Rio do Sul, Esperidião Amin participou de um encontro com lideranças e também em um evento promovido pelo Partido Progressista nesta quinta-feira (18). O objetivo do encontro foi de iniciar o planejamento político das eleições municipais da região e também de atender pedidos prioritários.

Além de discutir assuntos pontuais como projetos culturais, e problemas de cheias, a prioridade do encontro com lideranças, foi tratar da BR-470. Segundo Esperidião, as melhorias e duplicações só sairão do papel se for feita a concessão. “Este é o assunto fundamental no Vale do Itajaí, então foi um encontro para discutir o que é prioridade para nós. Para este ano, a prioridade é o edital para concessão da BR-470, no trecho de Blumenau até o encontro com a BR-282 em Campos Novos. Isso é fundamental para nós mas a cobrança disso fica mais difícil, porque nós já estamos conversando com o quarto ministro e o que queremos é que o Governo Federal cumpra o compromisso crucial por Santa Catarina”.

Ele explicou ainda, que além da concessão, o intuito é de realizar audiências públicas para definir os pontos críticos de congestionamento e riscos de acidente. “A situação hoje é: se tem a obra contratada pelo Governo Federal de Navegantes a Blumenau em um ritmo longe de ser satisfatório, então não adianta nós esperarmos que venha a ter dinheiro para fazer a duplicação neste trecho maior até a 282. Então a solução é a licitação para a concessão, e nisso, também serão importantes as audiências públicas em que nós vamos definir quais são os pontos críticos, tanto por congestionamento quanto por acidentes, para que nestes pontos, sejam feitas as primeiras ações para o alívio desses problemas, como é o caso Trombudo Central, Pouso Redondo, Lontras, Rio do Sul, que são os pontos de intercessão aqui da região onde vem ocorrendo mais acidentes, então alguma ação tem que ser feita prioritariamente quanto a isso”.

Eleições municipais

O intuito da visita ao Alto Vale também foi de dar força ao partido para as eleições de 2020. Segundo Esperidião, a sigla está vivendo um bom momento e isso vai ajudar nas eleições. “Nós temos a esperança que o nosso partido, que está vivendo um bom momento tanto em nível nacional quanto no estado, tem uma história de bom serviço prestado, de lideranças que fizeram e que fazem o bem. Nós queremos também desenvolver um esforço para motivar mulheres a participarem da política, porque há um déficit de participação no Brasil”.

Ele finalizou dizendo que a proliferação de siglas deteriorou a política nacional e que isso também ajuda os Progressistas a terem mais confiança da população. “O nosso partido não é uma aventura, nos somos um partido com raiz, com histórias de serviços prestados, um partido que quer se renovar pela participação da mulher e pela participação dos jovens. Eu sou da velha guarda, mas a semente do trabalho que eu ajudei a fazer, quero que sirva de semente para fazer melhor, não igual, nem pior”.

Além dele, a deputada federal, Angela Amin, também participou dos encontros. Segundo ela, o Partido Progressista já está trabalhando para manter a gestão. “Essas reuniões regionais têm o objetivo de se planejar para as eleições municipais, de ter um panorama real de todo o estado e de começar a trabalhar nos municípios e incentivar os que já estão organizados para que a gente possa manter a nossa gestão do Partido Progressista”.

Elisiane Maciel