Por: diario | 07/09/2017

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quarta-feira (6) a Operação Independência 2017, que acontece até a meia-noite do próximo domingo (10). Durante os cinco dias de feriadão, as rodovias federais contarão com policiamento reforçado. Além disso, a PRF atuará em locais estratégicos, que costumam apresentar maior índice de acidentes e infrações em épocas de movimento intenso nas estradas.

De acordo com o representante do Núcleo de Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal, Carlos André Poluceno Possamai, em 2016 não houve feriado prolongado, já que o dia 7 de setembro caiu em uma quarta-feira. No entanto, durante sua operação mais recente, realizada no feriado de Corpus Christi deste ano, a PRF registrou 143 acidentes. Pelo menos 150 pessoas ficaram feriadas e seis pessoas perderam a vida nas rodovias federais no último feriadão.

Para reforçar a fiscalização nas rodovias, a PRF atuará com o máximo do efetivo nesses cinco dias de operação. “Faremos o deslocamento do efetivo para os locais que demonstraram ao longo do tempo o maior número de acidentes”, explica Possamai.

Segundo Possamai, as regiões mais problemáticas em termos de congestionamento são a de Balneário Camboriú, Itajaí e Itapema. “Curitiba tem um feriado no dia oito, então acaba vindo bastante gente de lá para o litoral catarinense”, justifica. Para melhorar a fluidez do trânsito durante esse período, haverá restrição de tráfego de alguns veículos de carga em rodovias federais de pista simples. Caminhões bitrens, cegonhas e veículos com dimensões excedentes não poderão circular na quinta-feira (7) das 6h às 12h, e no domingo (10) das 16h às 22h.

Recomendações

Quem vai pegar a estrada no feriadão deve seguir algumas recomendações, como escolher um bom momento para viajar, fugir dos horários de pico, revisar o veículo antes de iniciar a viagem, evitar viajar cansado e utilizar o cinto de segurança. Além disso, recomenda-se que o motorista utilize os faróis durante o dia, não fale ao celular, não dirija alcoolizado e também respeite o limite de velocidade, principalmente em trechos urbanos. “Também é importante ultrapassar somente com segurança, porque a maior causa de mortes em rodovias tem sido a colisão frontal, muitas delas relacionadas a uma ultrapassagem insegura. Não é só ultrapassar em local permitido, é ultrapassar em local permitido e seguro”, ressalta Possamai.

A PRF também recomenda cautela e paciência ao motorista, principalmente nesta quarta-feira entre as 14h e 22h, quinta-feira entre 6h e 12h, e domingo entre as 16h e 22h. “O motorista deve manter uma distância segura dos veículos da frente, porque em época de feriado costumam ter eventuais paradas de veículos por causa de engarrafamento”, afirma Possamai.

Violência no estado

Por conta da recente onda de violência no estado, a PRF reforçará os cuidados durante a operação, mesmo que as rodovias federais ainda não tenham sido alvo dos criminosos. “Felizmente as rodovias federais ainda não estão sendo alvos desse tipo de violência, mas a PRF está atuando repressivamente, apoiando as outras instituições”, conclui o representante do Núcleo de Comunicação Social da PRF.

Carolina Ignaczuk