Por: diario | 17/12/2016

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 9 milhões em benfeitorias no município

Neste mês de dezembro a prefeitura de Presidente Getúlio está inaugurando uma série de obras que foram finalizadas.  As entregas iniciaram no sábado passado (10) e seguem até esta segunda-feira (19). Ao todo são mais de R$ 9 milhões investidos em melhorias para o município.

Na sexta-feira (16) foram duas inaugurações. A primeira aconteceu às 10h e comemorou a entrega da Sede do Corpo de Bombeiros Militar de Presidente Getúlio e da Defesa Civil Municipal. A construção, que conta com dois pisos, teve um custo total de R$ 366.206,39 e os recursos são oriundos do Fundo de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar (Funrebom).

“O novo local vai funcionar como base da Defesa Civil e no momento de cheia vai poder atender melhor a comunidade. Terá também os Bombeiros Militares que instalaram a sede de toda a regional do Vale Norte aqui em Presidente Getúlio”, destaca o prefeito, Nilson Stainsack.

Já a segunda inauguração realizada nesta sexta-feira foi a da nova ponte da rua 1º de Maio, no bairro Niterói, que teve um custo estimado em R$ 551 mil, bancado pelo Governo do Estado através da Defesa Civil. No mesmo local também foi entregue a pavimentação asfáltica de cerca de 500 metros na rua Traugout Muller, que faz ligação com o bairro Pinheiro.

De acordo com o prefeito a obra deve desafogar o trânsito da área central da cidade. “Vai funcionar como corredor urbano para que as pessoas que vem de carro de Witmarsum, Vitor Meireles e Dona Emma, possam passar por lá e assim desviar do movimento do Centro da cidade”, reforça.

A sequência de inaugurações continua na segunda-feira (19), quando às 16h será entregue um quilômetro da pavimentação asfáltica da rodovia Lauro Pamplona no Ribeirão Tunaco, além de uma ponte de concreto que compõe a via. A obra faz parte do projeto de asfaltar uma das ligações diretas entre Presidente Getúlio e Rio do Sul.

Já às 17h haverá a entrega da ampliação de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS), localizadas no Centro, no bairro Niterói, no Pinheiro e no Mirador. “A gente deixou todas as instalações novas”, comenta Stainsack.

Às 18h o Município deverá entregar o Sistema de Esgotamento Sanitário contemplando uma Estação de Tratamento de Efluentes Sanitários, uma Estação Elevatória, 1.473 metros de Rede Coletora de Esgoto e 68 ligações domiciliares. O custo total foi de R$ 618 mil, sendo R$ 600 mil da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e R$ 18 mil de contrapartida do Município. O Sistema de Esgotamento Sanitário fica próximo ao Clube Camioneiros no Centro da cidade.

E por fim, às 19h, acontece a entrega da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água contemplando uma Estação de Captação de Água Bruta e Estação de Recalque, Adutora de Água Bruta com 4,5 quilômetros de extensão e um Reservatório de Água Tratada com capacidade de 500 metros cúbicos. O investimento total é de R$ 2.139.074,68 sendo R$ 2.059.116,32 da Funasa oriundo do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) e R$ 79.958,36 de contrapartida do Município.

O novo ponto de captação está localizado no bairro Pinheiro, nos fundos da nova escola, próximo ao Rio Hercílio, e de acordo com o prefeito irá beneficiar a comunidade por conta da qualidade da água. “Essa água é 25 vezes mais limpa do que a que pegamos hoje do rio Krauel, então o custo do tratamento também será barateado”, ressalta.

No sábado (10) já havia sido inaugurada uma quadra poliesportiva na localidade de Morstifer. A obra foi uma parceria da Associação de Moradores da Morstifer com o Governo do Estado e teve um investimento de R$ 276 mil reais. “É uma obra importantíssima que vai proporcionar lazer para as pessoas que moram no bairro”, destaca o prefeito.

Ao todo Stainsack ressalta que os investimentos giram em torno de R$ 9 milhões e para a gestão seguinte, ele afirma que deverá deixar vinculado cerca de R$ 4 milhões em recursos para serem investidos na cidade.  “A prefeitura vai ser entregue com tudo em dia para o próximo prefeito para que ele possa administrar”, finaliza.

Sindréia Nunes