Por: diario | 12/12/2018

O prefeito de Dona Emma, Nerci Barp (MDB), fez avaliação do mandato de 2018 e já planeja ações para 2019. Ele contou que apesar das adversidades enfrentadas durante o período, o ano vai ser finalizado de forma positiva.

Ele disse que mesmo com as dificuldades, a Administração Municipal conseguiu realizar muitas ações nas áreas da saúde, de obras e agricultura.

“2018 foi um ano bastante difícil para Dona Emma, mas mesmo assim, conseguimos implementar muitas ações, tanto na área da saúde, onde houveram muitos melhoramentos, quanto na área de obras e de agricultura, onde trabalhamos com muita seriedade, então muitas coisas foram feitas este ano e a gente vê em um balanço geral, uma análise positiva do nosso trabalho”.

Ele disse ainda, que se comparado à 2017, a Administração teve bastante evolução e inclusive, causou mais satisfação à população.

“Tivemos bastante sucesso, bastante evolução no nosso trabalho e posso dizer que foi melhor que 2017, pois conseguimos realizar mais ações e a gente tem certeza que os donemenses estão mais satisfeitos com o trabalho neste ano também”.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Para 2019, Nerci adiantou que uma das prioridades será a construção da academia de hidromassagem.

“Nós temos alguns projetos já encaminhados, que já estão prontos, algumas ações de obras também, e na área da saúde, nós temos a construção de uma academia de hidromassagem também, e com certeza 2019 será melhor que este ano. Eu acredito em melhorias para o ano que vem, não pelo nosso governo em si só, mas pela confiança do que o povo está adquirindo, porque o governo não pode atrapalhar, ele tem que deixar o povo trabalhar e ele acreditando no governo o país vai pra frente”.

E finalizou dizendo que acredita quem neste próximo ano a economia melhore, para que mais ações possam sair do papel.

“Acredito muito na recuperação da economia do Brasil, e nós precisamos disso para termos sucesso na nossa administração, porque aí os recursos virão para Dona Emma. Hoje a gente sabe que o país andou para trás por praticamente três anos e meio e isso foi muito ruim, caiu muito a arrecadação principalmente dos municípios pequenos, mas eu acredito muito nos próximos dois anos, e torço para que a economia comece a reagir e que a gente passe a praticar mais ações voltadas à população”.

Elisiane Maciel