Por: diario | 1 mês atrás

A construção da ponte de concreto que vai ligar a SC-350 a comunidade rural do Bomfim, e que receberá mais de R$ 2 milhões em investimentos, deve ser concluída ainda neste ano ou no máximo no início de 2020.

Conforme o prefeito, José Thomé, a obra vem sendo realizada com recursos do Ministério da Integração Nacional, juntamente com recursos da própria prefeitura e é muito importante. “É uma obra com recursos do Ministério da Integração Nacional, no valor de dois milhões e duzentos mil.

Todo o processo foi elaborado pela prefeitura e agora falta pouco para a gente ligar a Albertina, Bomfim e a SC-350. É uma ponte que vai suportar cerca de 45 toneladas, ou seja vai suportar o trânsito de veículos pesados, um ganho para a população certamente”, completou.

O prefeito destacou ainda que um dos objetivos, além de oferecer qualidade de vida aos moradores e usuários da ponte, é ainda movimentar os locais públicos que desenvolvem trabalhos importantes. “Eu vejo que é de grande importância a movimentação desses locais. Ao lado do bairro Albertina temos o Centro Agropecuário, temos um trabalho importante ali, ao lado do Bomfim temos a Casa Familiar Rural que nós inauguramos em 2017 onde oferecemos cursos, treinamentos e capacitações para agricultores, algo muito positivo. Então, ambos os locais são populosos e merecem atenção. Com toda certeza, vamos ter um contexto de mobilidade nesse entorno bastante importante, são comunidades que merecem esse investimento”, enfatizou.

O morador do BomFim, Alcides Nazari, destacou que a obra da ponte é um sonho da comunidade. “A gente jamais esperava ser contemplado com uma obra desse porte. Estamos felizes e ansiosos porque vai beneficiar muito os moradores do Bomfim, moradores do Albertina também, temos a Casa Familiar aqui então vai movimentar e vai beneficiar a todas as pessoas que usam esse espaço. Está localizada em um ponto bastante estratégico e com certeza esse investimento fará a diferença para nós moradores”, destaca.

Já para a moradora do bairro Albertina, Andreia Campos de Moura, diz que apesar dessa obra, acredita que o bairro é desassistido há muito tempo e criticou o local de construção. “Fizeram mais para cima por causa das enchentes, mas não adianta de nada pois ali onde está a velha, a água chega no asfalto daí fica ilhado do mesmo jeito, não tem como chegar nela. Com certeza falta atenção da prefeitura com o bairro, acho que para eles nós nem fazemos parte de Rio do Sul” , opinou.

Questionado sobre o comentário da moradora, Thomé afirmou que desde o início de sua gestão, a Albertina vem recebendo a atenção necessária. “É um comentário que existe, as pessoas falam, mas não é verdade, estamos com essa obra estruturante, que sabemos que é uma obra importante. Outro ponto que deve ser levado em consideração é o asfalto que está prestes a ir para licitação, um trecho de cerca de dois quilômetros que contemplará o bairro Albertina, e um quilômetro e meio do Bomfim. O bairro Albertina, vai ganhar também uma unidade de saúde, que é reportada ao Laranjeiras, então eles serão reportadas a uma unidade no próprio bairro. Dizer que estão sendo esquecidos não procede, porque o bairro está sendo contemplado de maneira justa e isso é fato”, garantiu.

Tatiana Hoeltgebaum