Por: diario | 21/06/2019

A Polenta da Solidariedade de 2019 bateu recorde de público. O evento beneficente promovido pelo Rotary Clube de Rio do Sul foi realizado no dia 8 de junho, mas o balanço foi divulgado agora. Ao todo foram arrecadados cerca de R$ 40 mil de lucro, quantia que será doada para a Associação de Familiares e Amigos de Pessoas com Autismo e Deficiência Intelectual e Múltipla (Afadi), para o Centro de Educação Infantil Canta Galo e a Comissão Brasil/ Haiti da Pastoral do Migrante.

Neste ano foram quase 1.500 ingressos vendidos. O coordenador do evento e secretário do Rotary, Genuíno Negri, diz que ficou surpreso e contente com o resultado e para ele um dos diferenciais para tanto sucesso foi o aumento no número de apoiadores. “O resultado foi muito expressivo e significativo e está até a cima da nossa meta. Pela base dos anos anteriores a gente tem conseguido um recurso na faixa de 28 a 30 mil e esse ano chegamos quase em 40 mil. Um evento que em função de muitas empresas contribuírem com o alimento, produto que a gente utiliza para fazer o almoço, o nosso custo ficou bastante baixo, atendemos 1.400 pessoas tendo um desembolso de despesas de apenas 13 mil. Por fim tivemos uma receita a cima de 52 mil, o resultado foi muito acima do esperado e estamos contentes”, destacou.

Genuíno também agradeceu em nome do Rotary Clube pela parceria que contribuirá muito com as entidades beneficiadas. “Temos um grande apoio das entidades que estamos beneficiando, além de serem beneficiadas elas são parte do evento, nos ajudaram na venda de ingressos e na organização. Esses parceiros nos ajudam muito e foram muito eficientes, na venda dos ingressos e na mão de obra para realização do evento”, completa.

Já em relação as empresas parceiras, ele agradeceu tanto as que ajudaram com a alimentação como também aquelas que ajudaram com valores em dinheiro. “Paralelo a isso todas as empresas que contribuíram com alimentos, a gráfica que imprimiu os ingressos de forma gratuita, tivemos várias empresas apoiando, além de outras que contribuíram com dinheiro para que fosse possível realizar o evento, agradecemos imensamente e esperamos que na próxima edição teremos todos conosco de novo”, destacou.

O cardápio, focado na culinária italiana atraiu muitas pessoas, mas para o coordenador o que ainda faz com que muita gente ajude, é saber que os recursos são destinados a entidades da cidade. “A gente percebeu que o pessoal que vai não vai só pelo cardápio diversificado e de qualidade, eles vem também porque sabem que os recursos arrecadados vão atender a diversas entidades aqui de Rio do Sul”, finalizou.

Tatiana Hoeltegabaum