Por: diario | 28/02/2019

A Polícia Militar começou nesta quinta-feira (28) a Operação Alegria 2019, com o objetivo de dar mais segurança aos foliões durante o carnaval. As ações integram a terceira fase da Operação Veraneio e seguem até as 6h da quarta-feira de Cinzas, dia 6 de março.

A PM reforçou o efetivo nas cidades onde o evento já é tradicional e atrai grande quantidade de turistas. A Grande Florianópolis, Balneário Camboriú, Garopaba, Imbituba, Laguna, Joaçaba e Águas de Chapecó recebem atenção especial.

Com a Operação Alegria, o efetivo já disponibilizado para a Operação Veraneio terá mais 947 policiais. Haverá câmeras de videomonitoramento em diversos pontos do estado e o foco será no combate ao porte ilegal de arma, posse e comércio de drogas, venda de bebidas alcoólicas ilegalmente e a condução de veículos em via pública sob efeito de álcool ou substâncias psicoativas.

Estradas

A partir desta sexta-feira (1º), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia a Operação Carnaval 2019. NO estado, 12 agentes de outros estados reforçam as ações e serão distribuídos em regiões onde ocorrem festas carnavalescas, atuando com policiais já lotados em Santa Catarina.

O Grupo de Motociclismo Regional (GMR) e o Núcleo de Operações Especiais (NOE) vão atuar no feriadão, e o serviço operacional também será reforçado por policiais que trabalham no serviço administrativo.

Segundo a PRF, nesta época o fluxo de veículos aumenta principalmente em regiões de festas tradicionais como Laguna, Grande Florianópolis, Balneário Camboriú e Navegantes (BR-101), São Francisco do Sul (BR-280) e Joaçaba (BR-282).

A fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas será intensificada. Dirigir sob influência de álcool é infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por 12 meses e multa de R$ 2.934,70. A mesma multa é aplicada ao motorista que se nega a fazer os testes e o valor dobra para quem for reincidente no período de um ano.

A PRF também vai aumentar a fiscalização das condutas que aumentam o risco de graves acidentes ou que agravam as lesões: ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e falta de equipamentos de segurança como capacete, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças.

Durante os seis dias de operação, policiais especializados em educação para o trânsito vão convidar motoristas para assistir palestras ou filmes educativos de no máximo cinco minutos, a fim de sensibilizar sobre a importância da prevenção de acidentes.

Restrições de tráfego

O tráfego ficará restrito para caminhões bitrens, cegonhas e veículos com dimensão excedente. Os períodos são:

  • Sexta-feira (1°): 16h às 22h
  • Sábado (2): 06h às 12h
  • Terça-feira (5): 16h às 22h
  • Quarta-feira (6): 06h às 12h

Orientações

A Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC) relembra aos motoristas algumas condutas que podem salvar vidas:

  • fuja dos horários de pico – programe sua viagem;
  • todos os ocupantes do veículo devem usar o cinto de segurança;
  • acenda os faróis durante o dia, mesmo fora das rodovias;
  • em caso de chuva, diminua a velocidade;
  • na dúvida, não ultrapasse;
  • não transite pelo acostamento;
  • motorista, não use o celular enquanto dirige;
  • se beber, não dirija.
Por G1 SC