Por: diario | 1 mês atrás

Luana Abreu

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) inicia na segunda-feira (21) a remoção de placas de publicidade irregulares às margens da BR-470. O trabalho será feito pela equipe do órgão e uma empresa terceirizada. A retirada do material publicitário será num trecho que compreende cerca de nove quilômetros, entre o trevo de acesso a Lontras até a entrada de Laurentino.

 

O foco será nas propagandas implantadas na faixa de domínio, que pode compreender até 40 metros de cada lado da rodovia. De acordo com o chefe da unidade local do DNIT em Rio do Sul, Cristhiano Zulianello dos Santos, a faixa de domínio muda de um lote para outro. “Cada terreno tem sua faixa de domínio que precisa ser respeitada. As pessoas precisam consultar junto ao DNIT a metragem correspondente a sua propriedade, que pode variar entre 20 e 40 metros”, explica.

 

A implantação de placas, letreiros, outdoors e cartazes de publicidade nas estradas são proibidos pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Quem é flagrado cometendo as irregularidades tem o material apreendido, é notificado judicialmente e obrigado a ressarcir o erário por custos da retirada do material. Além de causarem poluição visual, essas placas ilegais tiram a atenção do motorista e podem provocar acidentes.

 

Zulianello alerta para que os proprietários desses painéis removam suas placas até o domingo (20), já que o serviço será feito com uma retroescavadeira e não é possível garantir a integridade de nenhuma placa. Após a remoção, o material será estocado provisoriamente no pátio do DNIT, para caso haja interesse do proprietário recuperar sua placa.