Por: diario | 11/01/2018

O Vereador Pergentino Manarin, popular Nego (PMDB), foi eleito por unanimidade dos votos a presidir a Câmara de Vereadores do município de Salete. “A eleição foi unânime, na verdade dois vereadores não estavam presentes, mas ganhei voto de todos que estavam na Câmara”, explicou Manarin.

A votação e posse ocorreram em sessão extraordinária, na quarta-feira (3). A sessão de eleição foi conduzida pela vereadora Laureci Fischer (PMDB), vice-presidente da Casa de Leis. Isso ocorreu após a renúncia do presidente Márcio Hellmann (PMDB) e do próprio Manarin, que ocupava a cadeira de Segundo Secretário da Mesa Diretora. “Márcio Hellmann que até então era Presidente da Câmara, renunciou o mandato na manhã de terça (2), e deixou o cargo vago. Ele concorreu à eleição para segundo secretário, cargo ocupado anteriormente por mim e também foi eleito por unanimidade dos votos”, completou.

Estavam presentes na sessão os vereadores Márcio Hellmann (PMDB), Laureci Fischer (PMDB). Aldo Kuhnen (PMDB), Neiva Venturi Zonta (PT), Genoir Kniss (PR) e Dirceu Nazário (PR). Os vereadores Alício Regueira e Eduardo Schuvedler ambos do PSD não compareceram por motivos pessoais.

Pergentino se comprometeu a fazer uma gestão correta e transparente, cumprindo a lei e o Regimento Interno da Câmara. “A expectativa é trabalhar muito! Queremos nos empenhar com a Câmara como já havia sendo feito ou de forma melhor. Sempre pensando no bem na população”, comentou.

A troca de comando no parlamento municipal de Salete já havia sido acordada no início da atual legislatura entre os vereadores de oposição, que são maioria.

Manarim explicou que a Câmara economiza uma grande porcentagem de recursos repassados e o valor economizado é retornado à prefeitura. “Neste ano vamos tentar economizar ainda mais, gastar somente o necessário. Ato este que já fazemos, pois usamos apenas 3,8% do valor que nos é repassado e devolvemos o restante ao Executivo”, concluiu.

Manarim agradeceu a população de Salete, em especial aos vereadores que confiaram a ele esse cargo e aos eleitores que o elegeram como vereador mais votado da coligação.

Retrospectiva 2017

No total a Câmara fez 28 Projetos de Lei, 16 Projetos de Lei Complementar, 4 Projetos de Lei Legislativo, Projetos de Lei Complementar Legislativo, 2 Projetos de Resolução, 1 Projeto de Decreto Legislativo, 1 Projeto de Emenda à Lei Orgânica e 1 Veto ao Projeto de Lei Legislativo. Ao todo durante o ano foram efetuadas 53 indicações e 61 requerimentos.

Um dos projetos inovadores foi o Projeto Vereador Mirim, que trouxe alunos das escolas do município para dentro da Câmara, passando o aprendizado do Poder Legislativo para muitos jovens saletenses. Dentre outras conquistas dos vereadores, foram repassados R$ 34 mil ao Hospital e Maternidade Santa Terezinha e R$ 13 mil à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), referente às economias da Câmara.

Elisiane Maciel