Por: diario | 05/12/2018

O Pa-Kua é um ensinamento milenar originário da China, que ensina as pessoas à lidarem com as mudanças da vida por meio de disciplinas como artes marciais, acrobacias, armas de corte, yoga, taichi, arqueria e ritmo. Pensando nisso, o mestre Rogério Bodemüller Junior, de Ibirama, em parceria com a Paris Filmes, vai proporcionar nesta quinta-feira (6), uma experiência única para os rio-sulenses: um aulão de tiro de arco e flecha, com direito a ingressos para assistir “Robin Hood – A Origem, nos cinemas. A aula será ministrada no Campus da Uniasselvi, em dois horários, às 18h e às 19h, com duração de uma hora cada uma.

Para participar do curso de arqueria, é obrigatório o uso de roupas para atividades físicas: como legging, camiseta, calção. Já os adolescentes devem vir acompanhados dos pais ou responsáveis.

Segundo o mestre e idealizador do projeto as vagas são limitadas, já que são apenas 50 ingressos.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“O nosso intuito é ensinar a arqueria para a população rio-sulense, pois o arco é uma das mais nobres armas do Pa-kua, já que ele equilibra a eficiência do combate com o estudo do autoconhecimento. Nesta aula serão trabalhados três pontos: preparação física, mental e o estudo da técnica de tiro em si. Primeiro se prepara o corpo para a realização do tiro e logo após, é que serão realizados os exercícios. A aula terá duração de uma hora, onde vou fazer uma breve introdução, falar sobre as medidas de segurança com o objeto que iremos trabalhar, vou ensinar a encocar, que é colocar a flecha na corda e por fim, vamos atirar em um alvo. Será um dia muito produtivo, bem divertido e sem competição”, explicou.

As inscrições para o aulão, são gratuitas e podem ser feitas até o dia do evento, pelo telefone: (48) 99620-4821 ou pelo e-mail: pakuaibirama@gmail.com.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Projeto para 2019

Rogério conta ainda que está bem confiante com o aulão em Rio do Sul e que pretende expandir essas aulas para mais municípios.

“Ainda não temos aulas de arqueria na região do Alto Vale, mas o nosso objetivo para o ano que vem, é de ministrar aulas de Pa-kua e de arco e flecha em Rio do Sul. Nesta quinta-feira, por exemplo, vamos ver se o aulão vai ser bem aceito ou não pelos alunos e se podemos pensar em 2019, trazer esta modalidade para cá. O meu ensinamento não é competição, e sim, um tiro meditativo e intuitivo, onde você vai competir consigo mesmo. Não tento ser melhor que o outro e sim, eu hoje, melhor do que ontem”, concluiu.

Jéssica Sens