Por: diario | 14/09/2018

Os vereadores de Agronômica, apresentaram uma Moção de Apelo, ao responsável do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) na região, para que seja feito a roçada além das margens da BR-470, que liga Agronômica a Trombudo Central.

De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores de Agronômica, Ivo Testoni, o pedido foi feito para que seja feito uma roçada mais profunda, com mais de dois metros, que é o habitual, no acesso do perímetro rural das comunidades de Mosquito e Ribeirão Alegre, trecho popularmente conhecido como “Curva do Poffo”.

A justificativa, é que, como a BR-470 corta o acesso, que fica em uma curva, a quantidade de mato que há no local não permite a visão do motorista para cruzar a rodovia.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“Ali naquele entroncamento acontece muito acidente, principalmente grave, e a gente percebe que o capim e o mato ao lado da via que fica bem no início de uma grande curva, não permite uma visão maior para o motorista ver se vem carro para cruzar a BR-470. Então pedimos para que o Dnit fizesse a roçada mais profunda, com mais de dois metros”, disse.

Quanto à resposta do Dnit, Testoni disse que foram favoráveis ao pedido e que o Departamento vai verificar no local a possibilidade da roçada, para poder possibilitar a visão melhor de quem sai da comunidade. O presidente disse também, que foi feito o pedido para derrubada de árvores às margens da BR-470 e que o Departamento realizará licitação, para atender essa solicitação.

Além da Moção, foram tratados ainda outros assuntos, como a iluminação do trevo de acesso ao município de Agronômica, que foi executado há dois anos e ainda não conta com iluminação pública.

“Então o pessoal do Dnit nos colocou que a iluminação não é de responsabilidade deles, mas sim da prefeitura”.

E ainda referente ao trevo, Testoni disse que pediram a correção de uma depressão que ficou no asfalto após a reforma.

“Quando foi solicitado a reforma, ele ficou com uma falência no trevo, tanto que às vezes se o carro passa um pouco mais rápido pode perder o controle. Então ficou definido que eles farão também essa correção da depressão”.

Elisiane Maciel