Por: diario | 15/03/2017

As obras no trecho da SC 110, que liga o Centro de Lontras à BR-470, devem ser retomadas nesta quinta-feira (16). Pelo menos foi isso que a empresa Engeplan Terraplanagem, Saneamento e Urbanismo Ltda, de São José, vencedora do processo de licitação, garantiu ao prefeito Marcionei Hillesheim (PMDB), e ao secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama, Jamir Marcelo Schmidt.

No final de setembro do ano passado, a Engeplan deu início às obras no trecho, mas logo em seguida interrompeu os serviços e não retornou mais ao local. De acordo com o prefeito Marcionei, desde então existe um esforço conjunto para que essa reforma seja retomada o quanto antes. “Falei com o secretário Jamir, o mesmo foi no Deinfra [Departamento Estadual de Infraestrutura], e o Deinfra disse que já tinha duas vezes notificado a empresa para começar essa obra novamente”, explica.

Após entrar em contato com a empreiteira, o prefeito recebeu a informação de que ela iniciaria as obras ainda nesta semana. Segundo ele, havia um problema na refiladeira da empresa, que estava em manutenção, mas ficaria pronta nesta segunda ou terça-feira. “Quarta-feira passada fui a Florianópolis, fui ao Deinfra, e o mesmo falou que se a empresa não retomar a obra, eles vão cancelar essa licitação. Então eu pedi para que isso não aconteça, porque eu havia entrado em contato com a empresa, e ela disse que iria voltar a fazer a obra”, conta Marcionei.

Recursos

O trecho de dois quilômetros e 100 metros, que contará com serviços de pavimentação, drenagem e sinalização, foi orçado em R$ 1.415.211,55. De acordo com Marcionei, a empresa vencedora do processo de licitação fará a obra sem saber quando irá receber, e isso acabou causando o atraso no início das melhorias. “O Deinfra não tem dinheiro em caixa, o Estado não repassou a parte do Deinfra ainda. Eles [a empreiteira] vão começar a fazer a obra, mas eles sabem que não vão receber já”, ressalta o prefeito.

O secretário executivo da ADR confirmou que as obras serão retomadas nesta semana, mas reforça que a empreiteira só irá receber a quantia quando iniciar os serviços de fato. “No ano passado esse recurso foi devolvido, e agora a gente tem que liberá-lo novamente junto à secretaria. Mas esse trabalho é posterior ao trabalho da empresa, então ela tem que começar a obra, fazer a medição, e aí sim volta a ser um trabalho nosso, onde a gente vai junto à secretaria arrancar o recurso para pagar a empresa. É só a empresa começar a obra, não existe problema nenhum”, afirma Jamir.

Término da obra

A expectativa é que a obra seja inaugurada em outubro deste ano, mas segundo o secretário da ADR, ela deve ser finalizada antes disso. O prefeito Marcionei disse que aguarda ansiosamente o início dos serviços, já que a rodovia é o portal de entrada da cidade de Lontras e de outros municípios, como Presidente Nereu. “É um descaso com a população. O que acontece de acidente, de pneu furado, acidente de moto […] Como eu já falei, se esse pessoal não fizer essa obra aí, eu mesmo vou fazer. Eu vou dar um jeito de fazer, não sei como, com que dinheiro, mas eu vou fazer”, finaliza.

Carolina Ignaczuk