Por: diario | 02/05/2018

Para incentivar o uso do meio de transporte ativo e sustentável, o Serviço Social do Comércio (SESC) em Santa Catarina realizou, pelo nono ano consecutivo, o “Dia do Pedal”, que aconteceu nesta terça-feira, no feriado de 1º de maio, em todas as suas Unidades no Estado.

Em Rio do Sul, o evento saudável aconteceu das 9h às 13h. os participantes saíram da JK Bike, que fica no Bairro Canta Galo e percorreram o roteiro até a chegada no SESC de Rio do Sul, localizado no Bairro Budag.

Cerca de 700 pessoas acordaram cedo no feriado e junto das bicicletas percorreram esse trajeto de alguns quilômetros. As inscrições foram gratuitas e puderam ser feitas até um pouco antes da largada. Os primeiros inscritos, com qualquer meio de transporte não motorizado sobre rodas, ganharam camiseta e pulseira de identificação, para sorteio de brindes.

Os participantes que quiseram contribuir com um litro de leite, ajudaram as instituições sociais cadastradas no Programa Mesa Brasil, programa do SESC que combate a fome e o desperdício de alimento, por meio da redistribuição destes a quem mais necessita.

Além do Passeio Ciclístico, houve o Espaço Brincar, orientações de saúde, intervenção artística, sorteio de brindes e bicicletas, apresentação cultural e recreação. O evento teve como parceiros e apoiadores a JK Bike, Rádio 93,3 e Mirador, Guarda Municipal, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio do Sul, Farmácias Leandro, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal de Rio do Sul.

Objetivo do Pedal

O projeto Dia do Pedal teve como tema na nona edição, a “Educação Ambiental sob o viés do Desenvolvimento Sustentável”. O projeto abordou a importância da ampliação de eventos de passeios ciclísticos em rotas urbanas com fechamento de vias para promoção do Lazer ativo, oportunizando aos participantes a conscientização de transformar ações pontuais de passeios ciclísticos em programação permanente.

O objetivo do Pedal, foi fortalecer a ideia do lazer ativo ao ar livre e da prática de atividades físicas lúdica em família, utilizando além da bicicleta, skate, patins, patinete e similares. Outro motivo, é a paixão que o evento pode criar com o ciclismo, e se as pessoas gostarem, podem até optar em deixar o carro em casa e passar a usar a bicicleta no dia-a-dia.

Ato este que melhora a saúde, o meio ambiente, economiza dinheiro e contribui para desafogar o trânsito. Além de ser uma prazerosa forma de lazer, andar de bicicleta é uma das maneiras mais eficientes de se deslocar.

“Foi um dia de lazer, cultura e respeito ao meio ambiente em que vamos oferecer aos trabalhadores do Comércio de Bens, Serviços, Turismo e toda a sociedade atividades para promoção de qualidade de vida e uma excelente oportunidade para despertar um novo olhar sobre a cidade”, disse o Diretor Regional do SESC em Santa Catarina, Roberto Anastácio Martins. Além do passeio sobre rodas, foram realizadas atividades para todas as idades, abrangendo serviços de Lazer, Cultura, Saúde e Educação do SESC.

Elisiane Maciel

Receba primeiro as notícias do Jornal Diário do Alto Vale, faça parte do grupo de Whatsapp. Clique aqui