Por: diario | 14/11/2019

 

Jorge Matias

 

O período de chuvas de verão ainda não começou e os moradores do Jardim Alexander, em Rio do Sul, já demonstram preocupação. Isso porque segundo eles, a tubulação das bocas de lobo da rua Tarumã estaria obstruída, causando inundações e estragos nas residências das ruas Ipê e Peroba.

 

Katiana Schneider tem 42 anos e é moradora da rua Ipê há mais de 23, e afirma que devido a obstrução dos tubos, quando chove forte, a água desemboca na sua casa causando transtornos. “Esse é um problema antigo e já foi pedido muito para ser resolvido, mas os responsáveis pelo setor vêm, fazem a melhoria em partes, porém isso só será resolvido se desobstruir toda a tubulação, pois a sujeira vai descendo e para nas curvas” disse.

 

A Prefeitura de Rio do Sul já foi acionada e servidores da Secretária de Obras visitaram o local ainda na semana passada, porém os moradores reclamam que a situação ainda não foi resolvida por completo. Katiana disse ainda que no começo do ano passado o muro de outra moradora estourou e a água passou por cima da sua casa. “Já encaminhei ofício para a Prefeitura pedindo a melhoria. Já tive muito prejuízo e incomodo com isso e a situação continua sem uma solução definitiva”, concluiu.

 

Outra moradora afetada pelos alagamentos no Jardim Alexander é Marleide Pereira Schlickmann, de 45 anos. Ela reside na rua Peroba e diz que passa pela mesma situação. “Na segunda e terça-feira da semana passada a rua ficou totalmente alagada. É preciso limpar a tubulação e não apenas as bocas de lobo”, destaca.

 

A Prefeitura de Rio do Sul disse que tem conhecimento do problema e está avaliando a situação. Servidores da Secretaria de Obras devem fazer uma visita ao local ainda nesta quinta-feira (14).