Por: diario | 04/03/2020

 

Reportagem – Jorge Matias – DAV

 

O MDB do município de Salete tem um nome definido com pré-candidato para às eleições de outubro. Milton Kunhen deve ser o representante da sigla que está buscando um nome para integrar a chapa como pré-candidato a vice.

 

Milton Kunhen, ou Tafa, como é conhecido, já foi vereador por dois mandatos no município de Salete e atuou por 24 anos como funcionário do Governo do Estado. Ele afirma que a cidade precisa de uma renovação política.

“O atual governo está no poder há 12 anos, Salete precisa de uma renovação na política”, comenta.

 

No entanto, ele destaca que a renovação precisa ser feita com fundamento e o candidato ao Executivo precisa ter experiência.

“Hoje em dia o administrador público precisa ter experiência e conhecimento para estar à frente de uma prefeitura”, frisou.

 

Nas últimas eleições municipais, o MDB lançou chapa pura, porém para o pleito deste ano, Kunhen disse que o partido está aberto a conversações.

“Há possibilidades de nós lançarmos chapa pura, bem como, estamos abertos a uma possível coligação, basta alinharmos os objetivos”, disse.

 

O emedebista ainda lembrou que sua experiência como funcionário público e vereador e presidente da Câmara será o diferencial da sua candidatura.

“Atuei como como diretor geral da Agência de Desenvolvimento Regional de Taió e tive muita experiência com a política”, ressaltou.

 

Atualmente o MDB de Salete tem a maioria na Câmara, são cinco vereadores eleitos que representam a sigla. Conforme Kunhen, o partido tem muita força no município e tem tudo para brigar pelo pleito.

“O MDB foi oposição nas últimas três eleições e a diferença de votos sempre foi muito acirrada”, completa.