Por: diario | 06/07/2018

A maior apreensão de maconha da história de Rio do Sul, na manhã dessa sexta-feira (6), a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar de Rio do Sul apreenderam mais de 5 toneladas da droga.

Segundo informações repassadas pela PM, a Agência de Inteligência da Polícia Rodoviária Federal repassou para Agência de Inteligência da Polícia Militar de Rio do Sul que um caminhão Bitrem, com carregamento de milho, também teria possivelmente um carregamento de drogas. E que passaria nessa manhã em Rio do Sul.

 

A por volta do meio dia de hoje abordagem ao veículo foi realizada nas proximidades do Posto Russi, em Rio do Sul. “A nossa equipe passou a monitorar e quando teve a oportunidade, fez a abordagem do caminhão, na BR 470, e localizou alguns pacotes de maconha. Na sequencia a guarnição da Polícia Rodoviária também passou a acompanhar a ocorrência. E os policiais verificaram que havia uma quantidade expressiva de drogas”, contou a Capitão Sandra Bender.

Os tabletes da droga estava em uma carreta Iveco/Stralis com placas de Palmitinho/RS, escondidos sob uma carga de milho a granel. Segundo as investigações, a maconha tinha origem no Paraguai e seria levada até o Rio Grande do Sul.

O veículo foi conduzindo então para um local adequado para a descarregar do milho e a contagem da maconha. Inúmeros fardos foram apreendidos e montante total chegou a 5210 kg de maconha. O condutor informou que iria receber R$20 mil para conduzir a carga do oeste até Itajaí. Ele não possuía nenhum antecedente criminal. O motorista, de 30 anos, foi preso e foi encaminhado à Polícia Federal, onde responderá por contrabando. A carga será conduzida para a Polícia Federal.

Susana Lima

Receba primeiro as notícias do Jornal Diário do Alto Vale, faça parte do grupo de Whatsapp. Clique aqui