Por: diario | 10/11/2013

Buscar auxílio aos agricultores de Agronômica e de toda a região do Alto Vale do Itajaí afetados pelas fortes chuvas e enchentes que assolaram Santa Catarina no mês de setembro. Este foi o objetivo da reunião que o secretário de Articulação Nacional, João Matos, teve nesta quinta-feira (7), em Brasília, com o ministro interino da Agricultura, José Gerardo Fontelles. “Peço que este Ministério avalie e não meça esforços para proporcionar alternativas que ajudem nossos agricultores”, expressou Matos.

Conforme relatório encaminhado pelos vereadores do município de Agronômica, as chuvas intensas e excessivas causaram desmoronamento de encostas, obstrução de estradas, compactação do solo, assoreamento de ribeirões, erosão de lavouras, desmoronamento de pontes e perdas de insumos, sementes e defensivos. Ao todo, estima-se que os prejuízos, apenas em Agronômica, ultrapassem os R$ 5 milhões. “Alguns produtores perderam parte considerável das lavouras e precisam agora de ajuda financeira para replantar ou recuperar as perdas de produção”, explicou o secretário.

Entre os pleitos encaminhados esteve a disponibilização de sementes de arroz, milho e feijão, sem cota máxima; prorrogação das dívidas de custeio agrícola; linha de crédito para reprogramação da safra 2013/2014; subsídio para o calcário e o frete; disponibilização de serviço de trator agrícola; disponibilização de serviço para desobstrução e abertura de estradas; e financiamento de equipamentos agrícolas a juro zero.

De acordo com o ministro interino, há a possibilidade de atendimento de alguns dos pleitos para todos os municípios que registraram perdas na agricultura e que tenham decreto de situação de emergência publicado. Uma reunião com a equipe técnica do Ministério será realizada por ele, para avaliar as medidas a serem tomadas. “Daremos uma resposta com certeza”, garantiu.