Por: diario | 01/06/2017

O deputado estadual Jean Kuhlmann está acompanhando de perto a situação dos municípios atingidos pelas fortes chuvas na quarta-feira e madrugada desta quinta-feira em Santa Catarina. Jean visitou na manhã desta quinta a Central de Monitoramento da Defesa Civil do Estado, em Florianópolis, onde também conversou com o secretário Rodrigo Moratelli.

No início da tarde desta sexta-feira (2) as equipes da Defesa Civil e da Polícia Federal vão verificar a situação da Barragem Norte de José Boiteux. Desde 2015, ela está ocupada pelos índios da reserva Duque de Caxias, que impedem o acesso ao local, bem como sua manutenção e operação.

“Vamos verificar o barramento e a casa de máquinas. Pedimos na terça-feira para o Ministério Público Federal, mas os indígenas não garantiram. Então, pedimos para a Polícia Federal e vamos ter a ajuda dos policiais amanhã”, explicou.

O secretário também fez questão de destacar que a situação da barragem de José Boiteux não teve impacto na inundação registrada em Blumenau, que chegou a 8,70 metros. ” Iríamos operar o barramento se a chuva passasse da cota de 9 metros. Tínhamos uma previsão de que não chegaria a tanto. Então, não fomos tão enfáticos com os indígenas”, disse.

O deputado Jean vai acompanhar amanhã as equipes da Defesa Civil e da Polícia Federal em José Boiteux, e entende que garantir o acesso e a operação da barragem é uma questão urgente. “Não podemos lembrar dessa situação apenas quando há risco de enchente. Manter as condições normais de operação é a única maneira de garantir tranquilidade para a população de Blumenau e do Médio Vale do Itajaí”, afirmou.

Assessoria