Por: diario | 12/12/2017

O ex-vice-prefeito de Rio do Sul, Jean Pier Xavier de Liz, teve o seu nome definido pelo Partido dos Trabalhadores do Alto Vale como representante da região para a disputa eleitoral de 2018, para o cargo de deputado estadual. A reunião que decidiu a candidatura aconteceu na semana passada e reuniu diversas lideranças do partido, como o prefeito de Rio do Campo, Rodrigo Preis, o vice-prefeito de Vítor Meireles, Ivano Boing, diversos vereadores e secretários municipais.

Para o prefeito de Rio do Campo, Rodrigo Preis, a candidatura de Jean de Liz representa uma renovação do quadro de lideranças regionais e estaduais. “O Jean além de ser uma liderança nova, é dinâmico e já demonstrou muita competência. Tenho certeza que irá representar muito bem o Alto Vale na Assembleia com seu conhecimento, disposição de trabalhar e vontade de ajudar as pessoas”, afirmou Preis.

“O PT do Alto Vale já ocupou uma cadeira no parlamento estadual, e agora sabemos que poderemos mais uma vez ocupar esse importante espaço com a renovação que se constrói em torno da candidatura do Jean”, complementou o vice-prefeito de Vítor Meireles, Ivanor Boing.

O PT do Alto Vale ainda discute a possibilidade de ter uma candidatura a deputado federal representando a região. Durante o encontro alguns nomes foram lembrados, como o do vereador Leonardo Pavanello Junior, de Presidente Getúlio, e do vice-prefeito de Vítor Meireles, Ivanor Boing. Algumas lideranças também já se colocaram à disposição do partido, como o ex-prefeito de Agrolândia, José Constante e a ex-vereadora de Rio do Sul, Regina Garcia Ferreira.

Jean afirmou que ficou muito grato com o reconhecimento e com a postura de diversas lideranças da região, que desde as eleições municipais de 2016 têm lhe procurado e pedido para que fosse candidato representando a região em 2018. “Em 2016 mostramos em Rio do Sul que é possível fazer uma campanha limpa, honesta, que volte a resgatar a confiança das pessoas na política e nos políticos. Diversas pessoas me procuraram depois das eleições e recebo contatos constantemente de pessoas afirmando que voltaram a ter esperança na política, e isso me motiva muito, já que acredito que é através da política que conseguimos fazer as mudanças que a sociedade precisa com maior profundidade, tornando-a mais justa, próspera e sustentável, melhorando a vida dos cidadãos”, afirmou.