Por: diario | 25/06/2019

Professores das escolas da região tem até domingo (30), para se inscrever para participar de uma capacitação em oratória para o Projeto “Concurso Oratória nas Escolas”, desenvolvido pela JCI Rio do Sul. Este ano, o tema será “Liderança: A importância do líder para o desenvolvimento das organizações”, no qual a proposta principal é o desenvolvimento da consciência crítica e o estímulo a prática do falar em público.

O Concurso será realizado com alunos das escolas municipais, estaduais e particulares que estejam cursando o 8ª ano do Ensino Fundamental e neste ano, a proposta é de alcançar mais escolas, de novas cidades, correspondentes às antigas Agências de Desenvolvimento Regional de Ituporanga, Rio do Sul e Ibirama. “Esse projeto vem em evolução ano após ano numa busca contínua em aumentar o número de escolas participantes. O Projeto já é desenvolvido desde o ano de 2006, no ano passado foram 24 escolas participantes e esse ano ainda temos um desafio que o Concurso abriu para uma outra região, então estão sendo convidados escolas de Ituporanga, Braço do Trombudo, Aurora, Trombudo Central entre outras. No total são 64 escolas convidadas e vai de cada escola optar ou não em participar do projeto”, disse a diretora de Recursos Humanos do Concurso, Graselene Lindner.

Ainda de acordo com ela, a proposta é de capacitar os alunos para que eles consigam perder o medo de falar em público além de desenvolverem a sua escrita. “Eles vão desenvolver e escrever um texto sobre o tema proposto e depois o aluno irá apresentar o texto em um tempo estipulado de três a cinco minutos”.

Segundo o coordenador do Concurso de Oratória, Alcionei Feuser, os professores têm até o dia 30 de junho para se inscreverem para a capacitação, que será realizada no dia 3 de julho, às 19h30 no auditório da Intelecto Consultoria e Treinamentos. “Os professores serão os multiplicadores do conhecimento nas turmas”.

Fases do Concurso

A primeira fase do Concurso é interna nas escolas, onde cada uma escolherá um aluno e terá um prazo para apresentá-lo. “Na etapa da escola, são os professores que vão desenvolver o processo. Cada escola vai indicar um aluno e essa indicação oficial vai até o dia 30 de agosto”, completou Feuser.
A semifinal vai acontecer entre os dias 9 e 13 de setembro, e vai envolver os representantes de cada escola. Esta fase será organizada pela JCI Rio do Sul, onde serão escolhidos dois representantes de cada etapa da semifinal para concorrer a final.

A Final Local terá a participação dos vencedores das semifinais, no dia 27 de setembro no Auditório do Colégio Dom Bosco. Quem se consagrar campeão(a) da etapa local, irá representar a JCI Rio do Sul na etapa regional, que ocorrerá entre os meses de junho e agosto de 2020. Se consagrando campeão, a última etapa, Nacional, será desenvolvida com os campeões das etapas regionais e será realizada durante a Convenção Nacional da JCI Brasil, em outubro de 2020.
Haverá premiação para os 1°, 2° e 3° lugares, da etapa local, ainda a definir.

Campeões anteriores

Em 2016, a aluna Emily Kauana, do Colégio Paulo Zimmermann, foi a campeã da etapa local do projeto e competiu na etapa regional em 2017.
Em 2017, Jaqueline Vansuita, aluna do Colégio Estadual Willy Hering, se tornou campeã local e se consagrou campeã nacional em 2018.
E Joana Hardt, aluna do Colégio Dom Bosco, se consagrou campeã local em 2018 e vai representar a JCI Rio do Sul no encontro regional em Búzios em agosto deste ano.

Sobre o Concurso

O Programa “Concurso Oratória nas Escolas” desenvolvido pela JCI Brasil e JCI Rio do Sul, consiste no estímulo ao estudo e reflexão dos jovens, assim como a mobilização da sociedade, sobre temas de preocupação mundial, tais como promoção da saúde, igualdade de gênero, respeito, autonomia, cidadania, paz, justiça, economia, meio ambiente, educação, segurança, entre outros.

Acredita-se que com esta iniciativa, jovens estudantes poderão formar uma consciência crítica em relação a estes temas e contribuir de forma positiva em suas comunidades através da propagação e multiplicação do conhecimento. Também será possível estimular a prática de falar em público, competência necessária para diferenciar-se no mercado de trabalho atualmente.

O programa é baseado na realização de concursos de oratória em diversas etapas abordando um tema específico. Através da capacitação oferecida aos professores locais, o jovem elabora um discurso encorajador capaz de multiplicar suas ideias e mobilizar o ambiente onde está inserido.

Elisiane Maciel