Por: diario | 05/12/2018

Quando vontade, iniciativa e paixão pelo esporte se unem, o resultado não tem como dar errado. E foi essa crença que motivou a criação do Núcleo Esportivo de Ituporanga (NEI). Primeiro grupo institucional do setor em Santa Catarina pelo Programa Empreender (criado em parceria), o Núcleo da Capital da Cebola será pioneiro no uso do associativismo empresarial em prol do incentivo ao esporte. A reunião oficial de formação aconteceu nesta segunda-feira (3), na sede da Associação Empresarial de Ituporanga (ACEI).

Segundo a consultora Regional da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Scheila Raquel Mazurek, o novo Núcleo da Associação Empresarial de Ituporanga (ACEI) deve gerar impactos positivos em diversas áreas de atenção especial do Poder Público.

“O esporte também está ligado à saúde e ao desenvolvimento econômico. Indiretamente, o setor empresarial e toda a população serão contemplados, já que fomentar a prática de atividades físicas engajando a sociedade, influenciará na conquista de uma qualidade de vida melhor e, consequentemente, em uma população mais ativa, saudável e produtiva”, destacou.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Tendo como base de atuação o associativismo, o Núcleo Esportivo de Ituporanga (NEI) pretende fazer uso de estratégias do setor empresarial, a partir da troca de experiências no empreendedorismo esportivo, para criar atividades socioeducativas. Scheila ainda explica que desta forma, outros setores estratégicos também devem ser beneficiados.

“Vamos utilizar metodologias baseadas no Programa Empreender para criar ações que contemplem, desde crianças até idosos. Posteriormente, devemos buscar a parceria de secretarias importantes como, por exemplo, Saúde, Educação, Assistência Social e, até mesmo, o setor de Obras, já que o fomento ao esporte também passa pelo investimento em infraestrutura e mobilidade urbana, para incentivar a prática de atividades e eventos esportivos”, explicou.

Proposta de atuação

Integrando empresários do meio esportivo, atletas e simpatizantes, o NEI conta com 12 participantes representando, inicialmente, três modalidades: xadrez, judô e ciclismo, além da ala empresarial do setor de academias. Somente os quatro setores representam, indiretamente, cerca de 1000 atletas.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Para um dos nucleados, Valmir Martini Junior, a meta a longo prazo é unir forças para promover atividades em todas as áreas do esporte.

“A ideia é unir todas as modalidades esportivas de Ituporanga para envolver a comunidade como um todo e ter ainda mais respaldo para reivindicar soluções no setor, ampliando a atuação do Núcleo em todos os cantos do município e, contribuindo não só na saúde, mas na educação, fomento ao lazer, diminuição dos índices de criminalidade, entre outras soluções”, destacou.

O Núcleo Esportivo também surgiu como uma alternativa para incluir tanto o incentivo à prática amadora do esporte, quanto à valorização profissional dos talentos da Capital da Cebola.

“Juntos pretendemos fomentar o esporte atendendo a todas as pessoas que já praticam ou queiram praticá-lo, sem qualquer distinção. A meta do Núcleo é tornar o esporte ituporanguense mais forte, inclusive no meio profissional, pois somos um celeiro de grandes esportistas”, complementou Juniou.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

NEI: como participar?

O convite para fazer parte Núcleo é estendido a todos que gostem e, principalmente, queiram contribuir para o fortalecimento do esporte regional. Para ser um nucleado é necessário antes ser associado da ACEI. Os interessados podem entrar em contato através do telefone (47) 3533-2343 ou (47) 9 9712-6392.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui