Por: diario | 11/05/2017

Quem deseja atuar no 10º Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem até o dia 23 deste mês para fazer sua inscrição. Em Rio do Sul, 11 vagas para recenseadores e agentes censitários estão disponíveis. O trabalho de levantamento de dados nas propriedades rurais começa em outubro, e deve seguir por cinco meses.

De acordo com o chefe da agência do IBGE de Rio do Sul, Marcus Braga Knak, o agente censitário cuidará da parte administrativa do censo, e o recenseador será responsável pelo trabalho de campo. “O agente censitário vai trabalhar mais na própria agência, fazendo o trabalho de contratação, gerenciamento do pessoal e supervisão dos recenseadores. Depois, com o andamento ele pode até trabalhar em campo, mas no começo é mais trabalho de escritório mesmo. E o recenseador é quem vai fazer a coleta nos estabelecimentos”, explica.

Para se candidatar ao cargo de recenseador, é preciso que o candidato tenha o ensino fundamental. Também recomenda-se que ele resida no próprio município, pois isso irá facilitar o seu trabalho durante a coleta de dados. Já para a vaga de agente censitário, a exigência é que o interessado tenha o ensino médio completo. Segundo Marcus, os níveis de escolaridade solicitados são os únicos pré-requisitos para a inscrição.

De acordo com o IBGE, em Santa Catarina pelo menos 180 mil propriedades devem ser visitadas pelos profissionais. Marcus explica que o Censo Agropecuário levanta informações sobre a área da propriedade, produção, características do pessoal ocupado, uso de irrigação, utilização de agrotóxicos e questões de agricultura familiar. Além destes, outros temas também devem ser abordados pelos recenseadores.

 

Como se inscrever

As inscrições vão até o dia 23 de maio, e devem ser feitas através do site da Fundação Getulio Vargas [fgvprojetos.fgv.br]. A taxa cobrada para a vaga de agente censitário é de R$ 39,50 e para a função de recenseador é de R$ 22,00.

Carolina Ignaczuk


Imprudência nas pistas do Alto Vale

Incêndio destrói residência em Taió

Festa do Melhor Arroz e aniversário de Mirim Doce estão sendo planejados

Projeto promove educação ambiental às crianças de Rio do Sul