Por: diario | 14/12/2018

O vereador Glauco Roland Kühl (PP), foi eleito presidente da Câmara de Lontras nesta quinta-feira (13), e em entrevista exclusiva ao DAV, adiantou as prioridades para 2019, como transmitir mais transparência nas ações do Legislativo, implantar uma estação de tratamento de água e ampliar a estrutura da Casa Legislativa.

De todos os projetos, a principal meta, de acordo com ele, será realizar um mandato transparente, onde vai colocar em prática a divulgação na totalidade, das ações da Câmara.

“Seja nos atos dos vereadores ou nas sessões, quero tornar público o que os vereadores estão fazendo, a prioridade será a transparência, divulgando bem o trabalho dos vereadores, até por que isso é Lei e deve ser feito, tanto nas mídias tradicionais como nas digitais”. Ele acrescentou ainda dizendo que a ação será feita por um funcionário que já pertence à Casa, sem despesas com contratação.

Glauco conta que nos dois primeiros anos, os vereadores puderam fazer capacitações, mas que agora, o mandato será de economia e de busca de recursos para novos projetos, incluindo, a construção do segundo piso da Câmara de Vereadores.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“Foram feitos muitos cursos em 2017 e 2018, mas agora nós vamos partir para outros objetivos, e um deles é a ampliação da Câmara com a construção do segundo andar, porque a estrutura, mesmo que tenha sido construída mais alta, quando acontece uma enchente de médio e grande porte, a água ainda entra dentro da Câmara e sempre é um transtorno muito grande, gera custo e trabalho. Com a construção, que queremos iniciar em 2019 e não será de um custo muito alto, será em torno de R$ 250 mil, teremos mais segurança quanto à isso e também mais espaço para as comissões, que hoje não têm. A Câmara tem um auditório grande,mas tem poucas salas, e a projeção é de que no segundo piso possa se ter um arquivo para os documentos, para alocar os funcionários e o andar de baixo ficaria exclusivo para as comissões, reuniões e as bancadas teriam uma sala também fazendo com que os serviços funcionem melhor”.

Ele finalizou dizendo que pretende resolver os problemas de falta de água do município, com a implantação de uma estação de tratamento de água da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan).

“Temos um problema sério com a água, e a primeira ação é nos reunirmos junto do Executivo e ir até a nova diretoria da Casan, que assumirá em janeiro e exigir lá uma estação de tratamento de água em Lontras. Por mais que se discuta reservatório, a nossa dependência da estação de tratamento de Rio do Sul, nos torna muito vulneráveis, temos problema de falta de água toda semana, e nós não podemos admitir isso, então realmente temos que tomar pé, ir para cima até conseguir a estação”.

Além de Glauco, farão parte da Mesa Diretora, Amélia Terezinha Odorizzi de Souza (PSDB) como vice-presidente, Alaídes Kahl (PSDB) como 1ª secretária, Anivaldo Carvalho Junior (PP), como segundo secretário e o líder de bancada, Nelson Franz (PSDB).

Elisiane Maciel