Por: diario | 27/04/2017

No início de 2017 César Panini (PSD) assumiu como chefe do Poder Executivo de Witmarsum, um município que apesar de considerado de pequeno porte apresenta uma boa estrutura aos seus munícipes e para os servidores públicos trabalharem. Panini, que foi vereador por duas legislaturas consecutivas, carrega a experiência de quem conhece a máquina pública e os caminhos para angariar recursos para sua cidade, além do entendimento de que é preciso atuar com a realidade fiscal do país.

Já nos primeiros meses da nova gestão, o prefeito e o presidente da Câmara, Ademar Ertal (PSDB), foram até Brasília para conversar com deputados federais e senadores catarinenses em busca de verba para realização de projetos. “Estivemos lá e em uma série de visitas e dialogamos com os eles [políticos] sobre a crise política que hoje ocorre no Brasil, o que também reflete como crise econômica”, diz o Panini.

O prefeito destaca também a importância da boa relação que mantém com o Legislativo de Witmarsum, onde apenas três vereadores eram da sua coligação no pleito do ano passado. “Nós fomos apenas com seis candidatos, então isso [minoria na Câmara] era fato. Mas como eu fui vereador, eu tenho uma facilidade muito boa nessa relação, então eu digo que temos os nove vereadores trabalhando junto e também estamos sendo parceiro deles, nos reunindo toda terça-feira antes da sessão, discutindo e passando o que pudemos atender”, salienta o pessedista.

Esta boa relação vem gerando frutos nos projetos que o Município almeja. Na agricultura, exista a intenção de instalar na cidade uma usina de armazenamento e resfriamento de leite. “Hoje já conseguimos R$390.000 garantidos do deputado Peninha [PMDB], junto com o Aldo [PMDB], num projeto mais amplo dele, que deve abranger uns R$600.000. A usina pra nós vai custar uns R$800.000 e ai teremos a primeira unidade deste modelo da região, aqui no município de Witmarsum. A capacidade de armazenamento será de até 40.000 litros dia, um grande projeto que estamos desenvolvendo e vamos finalizar neste mandato”, revelou Panini.

Já no campo das obras e serviços, a administração tem trabalhado na manutenção e aquisição de equipamentos: “Estamos com a recuperação dos calçamentos, que estavam danificados. Já fizemos também a recuperação de umas partes do asfalto que estavam danificadas também e foram mal feitas, pleiteiras, como se chama isso. Compramos também uma cascalheira, hoje está sendo feito a perfuração dela. Teremos em breve mais de 10.000 m³ de cascalho e estamos com a compra de mais 8.000 m³ de cascalho. Então vamos ter esse material, não abundante, mas em quantidade para atender as emergências. Em um município 70% agrícola isto é importante”, afirmou o gestor.

Um dos principais pilares de uma administração pública é a Educação. Panini fala que atualmente esta investindo na capacitação e aperfeiçoamento dos professores, melhorias na creche, abrindo em mais um período para melhor atender os pais que trabalham em malharias.
Na Saúde, outro serviço fundamental, César fala que “é sempre prioridade”, e salienta que o município conta com uma fundação hospitalar “onde é feito um trabalho muito amplo”, serviço de mamografia e raio x, sendo referência para a região. Para o futuro, César diz que o aparelho de ultrassom agora é o objetivo a ser alcançado.

César Panini finaliza dizendo que “Estamos trabalhando assim, passo a passo, em todos os setores, na medida em que o orçamento permite, pois somos bastante adestrados nesta questão, procurando investir sempre da melhor maneira possível para a população de Witmarsum”, concluiu.

Airton Ramos

Celesc alerta sobre conflito entre árvores e rede elétrica

Princípio de incêndio em Presidente Getúlio