Por: diario | 27/01/2019

Uma barragem da mineradora Vale se rompeu nesta sexta-feira (25), em Brumadinho (MG). 34 pessoas morreram, segundo última atualização deste sábado (26), às 21h24

Galinha é retirada da lama depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Adriano Machado/Reuters

 

Casal com familiares desaparecidos observa a área inundada após o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: André Penner/AP

 

Área inundada pela lama após rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Divulgação/Cemig

 

Emerson dos Santos, 30, senta no telhado de casa para proteger o que restou dos pertences da família de saqueadores, em área atingida pela lama por conta do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho. — Foto: Mauro Pimentel/AFP

 

Casa destruída depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Leo Correa/AP

 

Pessoas da comunidade de Parque da Cachoeira observam a área atingida pela lama depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Mauro Pimentel/AFP

Bombeiros fazem buscas em meio à lama depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Leo Correa/AP

 

Uma van parcialmente soterrada pela lama é vista depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Mauro Pimentel/AFP

Rebanho coberto de detritos de mineração depois que a barragem da Vale rompeu em Brumadinho. — Foto: Leo Drumond/Agencia Nitro via AP

 

Vista aérea mostra uma casa destruída depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: André Penner/AP

 

Um cachorro é visto no meio da lama na comunidade de Parque da Cachoeira, afetada pela lama depois do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho. — Foto: Mauro Pimentel/AF

 

Antena parabólica é vista por cima da lama depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. — Foto: Adriano Machado/Reuters

 

(Imagens foram retiradas do site G1 Minas Gerais)