Por: diario | 15/07/2017

A noite desta sexta-feira (14) foi de alegria em Rio do Oeste, com a abertura de mais uma edição da Festa Estadual da Polenta (Fepol). O evento, que segue até domingo (16), leva a população da cidade e todos os participantes para mais perto de sua origem, que é, na maior parte, italiana. São dias de muita música, dança e comida típica italiana, entre outras atrações.

O primeiro tombo da polenta, ritual tradicional da festa, aconteceu por volta das 20h no pavilhão da Fepol, divertindo mais uma vez todos os convidados. O tombo da polenta marca o início da festa, mas atrações da XIX Fepol já aconteciam desde a noite de quinta-feira. Foi quando aconteceu a escolha da realeza da festa. Coroada rainha, Bruna Warmiling foi escolhida pelos jurados pela simpatia, beleza e desenvoltura no palco. As princesas da Fepol 2017 são Mileni da Silva e Vitória Maria Sidooski. Já o título de Miss Simpatia ficou Vitória Maria Sdooski.

Depois da escolha da realeza, aconteceu o primeiro baile da festa. Na avaliação do Comitê Central Organizador (CCO), foi um sucesso. “Foi uma festa excepcional. A escolha da rainha aconteceu das 19h às 22h como estava previsto, tudo legalizado e deu tudo certo”, disse o presidente da CCO, Zumir Fiamoncini.

Segundo o presidente, o público superou o esperado no primeiro dia de festa e a expectativa é que o grande número de participantes siga até o fim da programação. “Estamos esperando muita gente”, resumiu. O prefeito de Rio do Oeste, Humberto Pessatti, o Betão, também falou sobre o público da Fepol. “O tempo está ajudando e as atrações são muito boas. A festa está demais e a expectativa é a melhor possível. Até porque aconteceu uma enchente aí, uma coisa triste, e agora passou o povo está aí, forte de novo. Está legal demais! Tem muita coisa para o pessoal curtir”, disse. O prefeito também falou da essência da festa, com famílias reunidas e festejando as suas origens. “Muitas famílias, sem nenhuma problema, sem confusão. A população compareceu em massa mais uma vez. Nosso povo é assim, é unido, trabalhador e prestigiou demais a escolha das nossa rainha e princesas […]. Meu agradecimento em nome do povo de Rio do Oeste”, disse.

Durante a sexta-feira, aconteceu o seminário de agricultura. Por volta das 10h30, profissionais da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) ministraram sobre o cultivo do arroz. O palestrante Douglas de Oliveira falou sobre as possibilidades para o produtor. “Um dos grandes desafios é a transição entre a sair da produção convencional e vender o seu produto como orgânico, que em alguns lugares levam três anos”, disse.

A Fepol segue até domingo, com uma vasta programação. Na manhã deste sábado (15), acontece a 3ª Trilha da Polenta, com saída marcada para às 8h30 do pavilhão. A entrada será gratuita todos os dias de festa. No pavilhão terá também atrações para as crianças, com brinquedos infláveis. De acordo com a organização do evento, o prato de janta e dos almoços no fim de semana serão comercializados na hora por R$ 30 e antecipados por R$ 25.