Por: diario | 2 meses atrás

A Feira do Livro de Rio do Sul mostrou mais uma vez ser o maior evento artístico do Alto Vale do Itajaí. Foram cerca de 18 mil visitantes que passaram pelo Parque Universitário Unidavi de 3 a 8 de outubro. A maioria do público foi formado por crianças e adolescentes de 60 escolas, colégios, centros de educação infantil e universitários da região. As instituições de ensino enviaram alunos de quase 180 turmas diferentes.

Com o tema Um rio de histórias, a feira teve 60 atividades artísticas e culturais gratuitas. O principal momento foi a noite de sexta-feira, dia 6, com o bate-papo literário do músico e escritor Gabriel o Pensador. O artista mostrou simpatia, bom humor, inteligência e irreverência. Declamou poemas, defendeu a educação, o ensino da literatura, os professores e o combate ao racismo. E teve ainda uma pequena representação do enredo do seu livro Um garoto chamado Rorbeto, com crianças da plateia, além de trechos de outra obra de sua autoria, Diário noturno. Gabriel o Pensador falou ainda de amizade, surfe, da interação e do cotidiano nas comunidades cariocas.

A Feira do Livro teve ainda a participação dos autores Carlos Henrique Schroeder, Zack Magiezi, Deonísio da Silva, Moacir Pereira, Kaká Werá Jecupé e Vanessa Bencz. As booktubers Melina Souza e Raquel Moritz também se apresentaram no palco principal, assim como oito autores regionais e o médico e professor Carlos Serapião. E teve ainda música, contação de história, teatro, cinema, oficinas literárias e lançamentos de livros. A autora Neide Maria de Souza Moreira Areco foi homenageada como Escritora Destaque 2017.

O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal, Fundação Cultural e Biblioteca Pública Municipal, com a correalização da Associação da Fundação Cultural (Asfuc) e do Serviço Social do Comércio (Sesc), além do apoio da Associação de Escritores do Alto Vale do Itajaí, do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí (Unidavi), da Câmara de Vereadores, do Instituto Federal Catarinense (IFC Rio do Sul) e da Gráfica Jawi. O patrocínio foi do Bradesco e da Caixa Econômica/Governo Federal.