Por: diario | 05/10/2018

Há poucos dias para a edição 2018 da Feira do Livro, a organização está na expectativa para esse grande evento que já esta com agendamento de 40 escolas de todo o Alto Vale. A programação é bastante diversificada além de livros, envolvem contos, música e arte com mais de 60 atividades gratuitas. Esse ano pelo menos 20 mil pessoas devem visitar o evento entre os dias 8 e 13 no Parque Universitário Norberto Frahm.

“É um dos principais eventos literários do nosso estado de Santa Catarina, este ano com uma programação bem bacana, todas as atividades são gratuitas, mais de 60 atividades, entre elas palestras, música, cinema, atividades de formação. O evento está sendo organizados, todos os preparativos estão a mil, para estarmos começando o evento com tudo na segunda-feira (8)”, pontuou a diretora de Cultura da Fundação Cultural, Valeska Fronza.

O comércio de livros é também uma das ações que mais chamam a atenção da comunidade e nesta edição serão 13 estandes de livrarias de vários municípios.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

“Serão comercializados livros, tanto infantil como juvenil, romance, adulto, são várias categorias sendo comercializadas com preços variados entre R$5 a R$ 30”, disse.

Um dos atrativos dessa edição é a participação do jornalista Zeca Camargo.

“O Zeca Camargo vem para fazer um batepapo da sua nova biografia que é a escrita de A a Elza, ele também irá falar sobre a sua trajetória como jornalista, suas viagens e tudo o que ele realiza dentro desse ramo, será uma conversa bem descontraída ele abordará vários temas”, comentou.

Além das escolas a Feira do Livro é uma oportunidade para os pais aproximar a relação com os filhos, já que o mundo digital acaba muitas vezes afastando as famílias desse convívio.

“Os pais trazem os seus filhos, e ambos têm esse contato com a literatura e com diversas atividades que aproximam esse vínculo com a família. Além de promover a formação do cidadão, a feira também promove o resgate da literatura. Estamos com as novas mídias, mas é muito importante que não só as crianças, mas o jovem, o adulto, o adulto tenha esse convívio que é algo que traz um resgate não só com a história, mas o contato com o papel, com a escrita e isso agrega muito a formação das pessoas”, afirmou.

A programação se estende até o dia das crianças e para esse dia Valeska destaque que haverá muita diversão com uma programação pensada justamente ao público infantil.

“A feira acontece justamente na semana da criança e especificamente nesse dia estamos com uma programação bem voltada ao público infantil. Em parceria com corealizadores, o Sesc vamos estar realizando uma maratona de contos. Então para quem vai ficar na cidade e na região nesse feriadão venham participar e prestigiar todas as atrações”, convidou.

Os agendamentos das escolas ainda podem ser realizados por meio da Fundação Cultural. Mais informações com a programação completa do evento você encontra no site da fundação e nas redes sociais.

Tatiana Hoeltgebaum