Por: diario | 07/12/2018

Há 29 anos no mercado a Bovenau, empresa que que atua na produção de macacos e equipamentos hidráulicos, vive um momento de mudança e está investindo em novas instalações. Com a nova sede, que está sendo construída próximo ao trevo de Laurentino e deve ficar pronta no início de 2019, o quadro de funcionários também deve ser ampliado gerando inicialmente mais 40 vagas de emprego na região.

De acordo com o diretor da empresa, André Odebrech a transferência para um espaço mais amplo vai possibilitar um incremento na produção.

“Estamos fazendo as novas instalações justamente porque temos um objetivo e a expectativa é de incrementar a nossa produção em pelo menos 30% no ano que vem e por isso precisamos de uma demanda de espaço e logística melhor, mais adequada para isso. Temos uma expectativa bastante ousada no ano que vem.”

Com novas instalações o diretor acredita que a empresa também passe a fabricar novos produtos.

“Acreditamos que em fevereiro de 2019 podemos estar em Laurentino. De qualquer forma na BR – 470, onde estamos agora vamos instalar uma nova fábrica com alguns novos equipamentos que vamos passar a produzir ano que vem. Então em paralelo vamos fazer duas mudanças que é a produção dos nossos produtos atuais na nova fábrica e a nova linha que estamos definindo e criando na fábrica da BR-470 que nós já temos hoje”, explicou.

A inauguração da fábrica em Laurentino deve ser celebrada no ano que vem, com a empresa já em funcionamento, juntamente com a comemoração do aniversário de 30 anos da Bovenau.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Em relação à relevância econômica que a empresa representa Odebrech ressalta que ela é a única homologada para fornecer macacos hidráulicos e alguns cilindros específicos para as montadoras.

“Nós temos todas as especificações de qualidade que fazem com que a gente esteja apto a fornecer para as montadoras, em alguns produtos, temos quase a totalidade dos equipamentos hidráulicos que a gente fornece para as montadoras de caminhões de todas as marcas do Brasil. Sempre buscamos e prezamos muito pela qualidade dos nossos produtos e essa busca refletiu nessa conquista de mercado e conquistas dos certificados de qualidade que a gente precisa.”, completa.

O executivo comenta que sobre contratações a expectativa é gerar um número expressivo de vagas e que deve ser ampliado com o tempo.

“Teremos que aumentar esse quadro com um projeto inicial de pelo menos 40 pessoas, na sequência esse número deve aumentar ainda mais”, revela.

Questionado sobre o sucesso nas quase três décadas, o diretor enfatiza a importância de manter qualidade nos produtos para que a empresa pudesse se consolidar no mercado.

“Estamos buscando o desenvolvimento e o crescimento do nosso negócio, por isso estamos investindo nessa nova planta, fazemos 30 anos ano que vem, somos uma empresa bastante consolidada em termos de qualidade e de produto no Alto Vale. Com isso temos participações nas montadoras e no mercado de reposição como uma marca Premium de qualidade e claro com funcionários treinados”, finaliza.

Tatiana Hoeltgebaum